Ney Suassuna critica reajuste na energia elétrica e diz que aumento causa desequ - WSCOM

menu

Política

29/08/2005


Ney Suassuna critica reajuste na

O senador Ney Suassuna criticou, em discurso na Tribuna do Senado, o aumento da energia elétrica na Paraíba, reajustada em 14,18%. Segundo Ney, o índice é alto e desequilibra as empresas, indústrias e as famílias.

“Vem se observando no País, nas últimas semanas, um controle na inflação e até alguns índices deflacionários. Não entendo esse aumento. O índice foi alto e, se dispara a energia elétrica, causa um desequilíbrio geral”, reclamou.

O senador ainda lamentou o fato da Justiça intervir para baixar o reajuste. No Estado de Pernambuco o Poder Judiciário teve que recorrer e baixou o aumento que era cerca de 16% para 7%. “No estado vizinho, Pernambuco, o problema foi tão sério que a Justiça teve que intervir para que a tarifa baixasse”, afirmou o líder.

Suassuna disse ser desnecessário envolver o Poder Judiciário nesse tipo de ação e lamentou o fato dos consumidores terem que esperar uma decisão da Justiça para conseguir baixar aumentos abusivos. “Isso vai terminar acontecendo também na Paraíba, vamos ter que recorrer pra baixar o reajuste”, indignou-se.

O setor da indústria deve ser um dos mais prejudicados. Para o líder peemedebista o ideal é que o Governo Federal cuide de perto desses reajustes. “O Governo Federal tem que analisar esse tipo de aumento, principalmente porque não atinge só o consumidor. Esse reajuste vem para quebrar os últimos industriais que ainda investem na Paraíba, além de trazer intranqüilidade para a região Nordeste”, finalizou Suassuna.

Notícias relacionadas