Nepomuceno ignora recomendação de Freire e encaminha vetos de 12 filiações; PPS - WSCOM

menu

Política

27/08/2005


Nepomuceno ignora recomendação de Freire

O diretório estadual do Partido Popular Socialista (PPS) aprovou nesta sexta-feira quatro dos 16 pedidos de filiação encaminhados pelo deputado estadual Rômulo Gouveia. O presidente Hermano Nepomuceno ignorou orientação dada ontem a ele para que não procedesse assim nem aceitasse a filiação do deputado estadual Tião Gomes. Agora, o Diretório Nacional vai intervir no partido estadual.

Os quatro nomes aceitos para entrada no partido indicados pelo presidente da Assembléia Legislativa são ele próprio Rômulo Gouveia (presidente da Assembléia Legislativa), Giannina Farias (deputada estadual),

Júnior Farias (ex-prefeito de Cabedelo) Lídia Moura (ex-presidente do PSB de Campina Grande). O ex-candidato ao Senado, Antonio Bala, não foi aceito.

Outro nomes aprovados no encontro desta sexta-feira foram Tião Gomes (deputado estadual), José Magliano (suplente de deputado federal), Carlos Rafael (vereador de Cajazeiras) e

Ozoíza Vasconcelos (vereador de Caaporã).

Argumento de Nepomuceno – “A principal decisão foi incorporar dos nomes apresentados só quem for liderança. Esta foi a orientação transmitida para nós pelo presidente nacional, Roberto Freire”, explicou o presidente estadual do partido, Hermano Nepomuceno, que acrescentou que foram 32 votos favoráveis e uma abstenção.

Fala de Roberto – Nepomuceno não revelou, contudo, que na noite da quinta-feira conversou com o presidente nacional recomendando-lhe que não aceitasse a filiaação de Tião Gomes e abrigasse todos os nomes indicados por Rômulo.

Roberto Freire disse por telefone a Nepomuceno que vai intervir diante da decisão desrespeitada.

Notícias relacionadas