Na Paraíba, operação da PRF libera caminhoneiros que querem deixar paralisação; VÍDEO! - WSCOM

menu

Paraíba

30/05/2018


Na Paraíba, operação da PRF libera caminhoneiros que querem deixar paralisação; VÍDEO!

Interdição acontece desde 21 de maio. Trechos da BR-230, em Campina Grande, foram liberados

Foto: autor desconhecido.

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar e Exército aconteceu no início desta quarta-feira (30), na BR-101, próximo a Gauchinha, em João Pessoa, com o objetivo de liberar da via os caminhoneiros que querem deixar a paralisação e voltar ao trabalho. Cerca de 280 caminhões foram liberados durante a Operação Corredores Livres.

Desde a última segunda-feira (21), a BR-101 era um ponto de interdição da greve dos caminhoneiros, que acontece em mais de 600 rodovias em todo o país, de acordo com a PRF, contra o aumento no preço dos combustíveis. Mesmo após um novo acordo do Governo Federal, com novas medidas para a redução no valor do diesel, os caminhoneiros permaneceram em greve no local.

O comboio da polícia saiu do 15º Batalhão do Exército, no bairro de Cruz das Armas, indo em direção à BR-101.

Por conta da operação, parte do Acesso Oeste ficou interditado no início da manhã, até o fim do trabalho das polícias. Parte do Viaduto de Oitizeiro, que dá acesso à Gauchinha, também ficou bloqueado. Por volta das 6h40, a Semob-JP informou que os bloqueios foram liberados e os veículos já passavam pela Gauchinha, sentido Recife.

À reportagem da TV Cabo Branco, o Exército informou no último sábado (26) que não havia nenhuma sinalização de ação dos militares ou da segurança pública contra paralisação dos caminhoneiros. Durante uma reunião, ficou previsto que o Exército seguiria dessa forma:

  • Remoção ou condução de veículos obstruindo via pública.
  • Escolta de veículos transportando coisas essenciais.
  • Garantia de acesso aos locais de produção.
  • Medidas de proteção para infraestrutura considerada crítica.

O Exército Brasileiro também informou que, dentre as ações previstas na Paraíba, “vem realizando escoltas de veículos que transportam produtos essenciais, como combustível de aviação, para aeroportos, e distribuição de GLP (gás de cozinha), em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal”.

Fim de interdições

Na entrada da cidade de Campina Grande, em Santa Teresinha, na BR-230, a interdição que acontecia desde o início da greve já foi desfeita e o trecho está livre para os veículos. O fluxo se normalizou nesta quarta-feira (20), sem nenhum caminhão no acostamento. Esse era o principal ponto de mobilização, que deu início a greve dos caminhoneiros na Paraíba.

G1 PB