Na Média: outro detento é morto a tiros em frente ao presídio - WSCOM

menu

Policial

08/05/2008


Na Média: outro detento é

A gerência de Medicina e Odontologia Legal (antigo DML) confirmou que o apenado João Batista Antônio de Oliveira, 45 anos, foi assassinado a tiros de revólver. Inicialmente houve a informação de que a morte dele fora em conseqüência de um infarto fulminante.

De acordo com laudo emitido pelo médico plantonista que realizou a autopsia no corpo do apenado, João Batista sofreu múltiplos ferimentos por projétil de arma de fogo, lesões de vísceras, tórax e com choque hemorrágico. O corpo já foi liberado para os familiares providenciarem o sepultamento.

João Batista Antônio de Oliveira era apenado da Penitenciária de Segurança Média de Mangabeira e por volta das 19 horas desta quarta-feira 7, ele foi alvejado a tiros em frente ao portão daquele presídio, localizado no Bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

De acordo com informações da família, João Batista, que residia em Santa Rita, pegou um transporte alternativo naquela cidade da região metropolitana de João Pessoa. Após descer em frente ao portão da penitenciária, outro veículo emparelhou com o alternativo e um dos ocupantes efetuou vários disparos contra o detento, dois atingiram Batista.

O próprio motorista do alternativo fez o socorro do preso para o Hospital de Emergência e Trauma, aonde já chegou sem vida. A polícia não tem pistas dos assassinos.

Notícias relacionadas