Mulher é detida com tesoura e seringas no Parque do Povo - WSCOM

menu

Policial

13/06/2018


Mulher é detida com tesoura e seringas no Parque do Povo

Segundo a assessoria do Hospital de Trauma de Campina, são 18 homens e 10 mulheres

Foto: autor desconhecido.

Do último sábado (9) até a noite dessa madrugada desta quarta-feira (13), subiu para 29 o número de pessoas vítimas de perfurações feitas com agulhas na festa do ‘Maior São João do Mundo’ no Parque do Povo em Campina Grande, no Agreste paraibano. As vítimas foram atendidas no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes. Segundo a assessoria da unidade, são 19 homens e 10 mulheres.

Prisão de suspeita – Conforme a Polícia Militar, na madrugada de hoje uma mulher foi detida pela empresa de segurança do evento portando tesoura e seringas, durante o show de Dia dos Namorados do cantor Luan Santana, no Parque do Povo.  Ela foi levada para a Central de Polícia, onde foi ouvida e liberada. A mulher informou que trabalha colocando piercing e por isso estava com o material.

Em entrevista ao Portal T5, a médica infectologista Jacqueline Milfont deu detalhes dos atendimentos realizados nas vítimas de agulhas durante o São João de Campina Grande. Os feridos estão recebendo atendimento no Hospital de Trauma da cidade. Lá, eles são medicados, examinados e avaliados.

“Ao chegar aqui nós adotamos o mesmo tipo de atendimento prestado às pessoas que se infectaram com vírus do tipo HIV ou Hepatite”, disse. “O procedimento é idêntico ao adotado em pessoas que nós procuram após terem feito relações sexuais e desconfiam da condição de saúde dos parceiros ou parceiras”, disse.

Portal T5

Notícias relacionadas