MPT, MPE e Procon protocolam Ação Civil Pública nesta tarde contra greve no Sant - WSCOM

menu

Paraíba

26/10/2005


MPT, MPE e Procon protocolam

Uma Ação Civil Pública assinada pelos Ministérios Públicos Estadual e do Trabalho e pelo Procon está sendo protocolada na tarde desta quarta-feira na Justiça Comum, para coibir a greve dos médicos-cirurgiões do Hospital Santa Izabel, em João Pessoa.

Subscrevem o documento o Curador do Consumidor, Francisco Sagres, o Procurador do Trabalho, Eduardo Varandas e o secretário executivo do Procon, Odon Bezerra.

Sagres e Odon entendem que a paralisação prejudica o consumidor da saúde, que é um serviço público. Varandas acrescenta que a terceirização mediante cooperativas é um erro trabalhista e precisa ser coibido.

Os médicos-cirurgiões do Santa Izabel declararam nesta quarta que só retornam às atividades normais quando a principal reivindicação da categoria for formalizada pela Secretaria Municipal de Saúde, garantindo a isonomia salarial com base no contrato das demais especialidades. Uma reunião está prevista para às 19h desta quarta entre os grevistas e o coordenador da gestão hospitalar Mário Toscano.

Notícias relacionadas