Mostra traz a capital, a riqueza da arte eletrônica - WSCOM

menu

Entretenimento

07/08/2005


Mostra traz a capital, a

A palavra “Arte” pode ser conceituada como a capacidade que o ser humano tem de pôr em prática uma idéia. O vídeo é o meio que consegue, dentro desse conceito, desenvolver essa idéia, da maneira mais simples. Com essa proposta, tem inicio na próxima terça-feira, dia 09, no Sesc Centro, a I Mostra de Arte Eletrônica que trará exposição, música e vários vídeos para o público pessoense , até a sexta-feira, dia 12.

A Mostra vai mostrar ao público que for ao Sesc (Serviço Social do Comércio) , vários exemplos da arte eletrônica, que é o vídeo,a exemplo de Gilberto Freyre – O Cabral Moderno, A Cunha, Mãe da Família Brasileira, Português, o colonizador dos trópicos e A influência dos Negros em sessões ao meio-dia.

Marcus Villar, Torquato Joel, Camilo Cavalcante, Laurita Caldas e Eliza Cabral, estarão presentes na Sessão Vídeo Depoimentos, onde discutirão vídeos como À Margem da Luz e Leviatã, além de assuntos relacionados a arte eletrônica, sempre às 16h .Além dos vídeos, o público que freqüenta a Área de Lazer da instituição comerciaria, poderá conferir a exposição “Telagráfica” do artista Luiz Henrique e das 14h às 20h ouvir a programação da Rádio Sintonia que funcionará durante os quatro dias da Mostra.

Também na Área de Lazer haverá ainda apresentação de vídeo clips, Série Som da Rua por Rodrigo Berliner, Festival do Minuto 2004, uma Coletânea Eletrônica, vídeos premiados no 14º VIDEOBRASIL, a partir das 18h30. A I Mostra de Arte Eletrônica acontecerá entre os dias 09 e 12 de agosto a partir do meio-dia no Sesc Centro.

Shows de encerramento

A programação da Mostra de Arte Eletrônica, encerra-se com os shows das bandas Café do Vento e ChicoCorrea & ElectronicBand, na sexta-feira, dia 12, dentro do Projeto Glória Vasconcelos.

O Café do Vento é um laboratório musical sem fronteiras. Aberto a influências alienígenas, a banda incorpora novas formas musicais sem preconceitos. Embora, a banda apresente elementos marcantes provenientes das raízes nordestinas, não se caracteriza como um grupo musical que busca preservar e reinterpretar a cultura popular como fonte principal de sua estética musical.

ChicoCorrea é um Pseudônimo baseado no Pianista e compositor Jazzístico ChickCorea. Surge como uma alusão à fusão de estilos e uso de novos equipamentos (Chick Corea foi um dos pioneiros do Jazz rock/Fusion e do uso do piano elétrico e Sintetizadores ). De forma abrasileirada, ChicoCorrea & Electronic Band mantém a idéia da fusão de estilos e tecnologia.

Com o principal objetivo de disseminar a cultura local, o projeto cujo nome é em homenagem a cantora paraibana (in memória) Glória Vasconcelos é promovido pelo SESC João Pessoa há mais de 10 anos levando cultura para as comunidades e abrindo espaço para produções artísticas locais e conta com a parceria do Governo do Estado, através da Funesc.

Em sua trajetória o Glória Vasconcelos já percorreu várias vezes a cidade tendo iniciona Área de Lazer do Sesc Centro e sendo depois desenvolvido na Feirinha do bairro de Tambaú e no Parque Sólon de Lucena. Recentemente o projeto circulou em várias comunidades, em parceria com as associações existentes, a exemplo do bairro de Mandacarú, do Conjunto Vieira Diniz, e do Porto do Capim, no centro da capital.

Os shows terão inicio às 20 horas na Área de Lazer do Sesc Centro, localizado na Rua Desembargador Souto Maior, 291, Centro, com entrada franca.

Notícias relacionadas