Monteiro decreta situação de emergência - WSCOM

menu

Paraíba

20/10/2005


Monteiro decreta situação de emergência

A prefeitura de Monteiro, Lourdinha Aragão, decretou situação de emergência por 180 dias em toda a zona rural, devido à estiagem. Segundo dados da Emater, as safras locais de milho e de feijão tiveram perdas de mais de 36% e de 62%, respectivamente.

A prefeita diz que está tentando viabilizar recursos para amenizar o problema. “O fornecimento de água potável à população atingida é imprescindível. Precisamos encontrar uma solução”, ressaltou.

Ela lembra que a maioria dos agricultores do município vive da cultura de subsistência (em especial, milho, feijão e algodão) e que o município se encontra encravado na região do Semi-árido da Paraíba, onde as chuvas irregulares deste ano acarretaram a estiagem.

Em conseqüência, as culturas agrícolas estão sendo seriamente prejudicadas. De acordo com a prefeita, a construção de poços e cisternas seria providencial, mas a Prefeitura não dispõe de recursos.