Momento da economia favorece compra de bens para metade dos brasileiros - WSCOM

menu

Economia & Negócios

07/04/2011


Momento da economia favorece compra

Bens

Foto: autor desconhecido.

Não é novidade para ninguém que a economia brasileira agrada à maior parte dos brasileiros. O IEF (Índice de Expectativas das Famílias), divulgado nesta quinta-feira (7) pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), mostra que 54,1% das famílias brasileiras estão dispostas a consumir bens duráveis – como carros, eletrodomésticos e móveis – agora.

O IEF é feito em 3.810 residências de 214 cidades, de todos os Estados brasileiros. Para chegar aos números, o Ipea usa o método da amostragem, ou seja, usa parte da população para tirar conclusões sobre o todo.

No Centro-Oeste, 67,7% dos trabalhadores disseram que o Brasil vive um bom momento para comprar tais bens. O otimismo também é alto no Sudeste (59,75%) e no Nordeste (53,24%).

Por outro lado, os sulistas e os nortistas estão com um pé atrás com o consumo de bens duráveis. Mais da metade dos habitantes do Sul afirmaram que não pretendem comprar esses produtos agora – contra 40% dos consumidores que o farão.

No Norte, os consumidores estão ainda mais desconfiados quanto a adquirir bens: 55 moradores de cada cem abrem mão de comprar eletrodomésticos, carros e móveis agora – contra só 38,3% dos animados com as compras.

Notícias relacionadas