Moído do empréstimo: Raniery defende sessão da AL em outro local e aguarda 'boa - WSCOM

menu

Política

30/06/2009


Moído do empréstimo: Raniery defende

Parece que a novela envolvendo a não apreciação dos projetos do Executivo que tratam da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o empréstimo junto ao BNDES está longe de acabar. Nesta quinta-feira, após os deputados governistas protestarem ao encontrar as portas da Assembleia Legislativa fechadas, a base vai se reunir para decidir que outras ações serão colocadas em prática esta semana.

Para o deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), a sessão desta terça-feira não foi cancelada, já que não recebeu nenhum comunicado oficial do gabinete do presidente da Casa, deputado Arthur Cunha Lima (PSDB).

“Ele não desconvocou, então deveria haver sessão. E se não podia ser na Assembleia, que fosse em outro prédio, porque a manutenção no ar condicionado é até importante, mas não é prioritário sobre a LDO e o empréstimo”, disse. “Se há a prerrogativa da sessão em outro local, ficamos dependendo agora da boa vontade da Mesa Diretora em fazer essa convocação”, disse.

As portas da Assembleia foram fechadas hoje devido às obras de manutenção no sistema de refrigeração do Plenário e instalação de um painel eletrônico para auxiliar nas votações.

Notícias relacionadas