Ministério Público da Paraíba ganha assento nacional e vai se engajar no debate - WSCOM

menu

Paraíba

20/03/2006


Ministério Público da Paraíba ganha

Dois dias depois de ganhar assento na Conamp – entidade de representação nacional com a posse do promotor Alexandre César na vice-presidência – o Ministério Público da Paraíba reafirmou nesta segunda-feira a decisão de se engajar nas discussões e formulações dos grandes temas nacionais da categoria. “A Paraíba vai fazer chegar mais rápido ao âmbito nacional suas questões e sugestões”, afirmou Alexandre César.

Em entrevista ao WSCOM Online, com Exclusividade, o dirigente explicou que depois de conquistar espaço nacional, o MP paraibano defenderá que a lei eleitoral não seja modificada em ano de eleições, como acontece agora no debate sobre a Verticalização, além da ampliação de ações de improbidade contra agentes políticos em irregularidades, etc.Lutas – Alexandre César disse ainda que há também o engajamento pela consolidação de subsidio em nível nacional, da mesma forma que sejam adotados procedimentos comuns no Ministério Público com abrangência nacional.

Para o vice-presidente da Conamp, com a presença da Paraíba na representação nacional será mais fácil e rápido a adoção de ADINs – Ações Diretas de Inconstitucionalidades – em diversas questões no Estado.

Intercâmbio – De acordo com o também presidente da Associação do Ministério Público do Estado da Paraíba há entendimentos para que o Procurador de Justiça de São Paulo, Herman Benjamim – possa estar em João Pessoa para nova palestra acerca da Curadoria do Meio Ambiente – especialidade que o faz ser considerado uma das maiores autoridades do mundo.

Natural de Catolé do Rocha, Herman Benjamim tem proferido palestras em diversos paises, inclusive nos Estados Unidos onde leciona em universidade 2 meses ao ano, em face de sua notória capacidade jurídica.

Alexandre César esteve com um grupo de promotores em conversa com o Procurador. Foram vistos na comitiva Ediligia Chaves Leite, Amadeus Lopes, Eriosvaldo da Silva, Ana Raquel Beltrão e Rosane. Na posse, entretanto, no dia anterior, ainda compunham a delegação paraibana a Procuradora Geral de Justiça, Janete Ismael, o Procurador José Rozeno Neto, Mara Lopes, Ismânia, Edivane e Osvaldo Trigueiro Filho.

Notícias relacionadas