Messi acaba com jejum contra o Chelsea e se aproxima de recordes de CR7 e Raúl - WSCOM

menu

Futebol

21/02/2018


Messi acaba com jejum contra o Chelsea e se aproxima de recordes de CR7 e Raúl

Após 730 minutos e 30 finalizações, craque argentino balança as redes contra rivla e chega perto de ídolos merengues como jogadores a marcar gols em mais equipes diferentes na Europa

Foto: autor desconhecido.

Messi acabou com um tabu que durou 730 minutos ao marcar o gol de empate do Barcelona contra o Chelsea. O atacante precisou de nove jogos e 30 finalizações para conseguir balançar a rede dos ingleses. Os Blues são o 29º time a tomar pelo menos um gol do argentino em jogo pela Liga dos Campeões e deixa Messi mais perto de nova marca: apenas Raúl Gonzalez (33) e Cristiano Ronaldo (32) marcaram em mais rivais distintos, de acordo com o jornalista espanhol especialista em dados, Alexis Martín-Tamayo, mais conhecido como Mister Chip.

E não é só isso. Segundo dados da Uefa, Júlio César, atualmente no Flamengo, é o goleiro que ficou mais minutos sem ser vazado pelo craque em competições europeias: 270, quando defendia a Inter de Milão e não levou gols do atacante em três duelos (confira mais abaixo).

O Chelsea foi o adversário europeu mais complicado de marcar da carreira de Messi, ao precisar de nove jogos e 730 minutos. Em um intervalo parecido, por exemplo, o Milan levou oito gols do argentino (em um período de 720 minutos). Mas o adversário que mais sofreu com o craque em competições continentais foi o Arsenal. O time londrino levou nove gols em seis jogos contra o atacante do Barcelona. Em 2010, ele fez quatro gols no Camp Nou na vitória por 4 a 1 contra os Gunners.

O atacante brasileiro do Chelsea, Willian, que fez uma grande partida na noite de desta terça-feira, lembrou que errar diante de jogadores da categoria de Messi costuma custar caro.

– Sabemos que jogadores como Messi, Suárez são jogadores do Barcelona de muita qualidade, a gente não pode errar na frente deles que é fatal. Acabamos errando e eles acabaram fazendo o gol. Mas, como disse, não vamos baixar a cabeça por esse erro. Temos tudo para ir à Espanha e fazermos um grande jogo.

O técnico Antonio Conte seguiu o mesmo raciocínio. Exaltou Messi e lamentou o erro do zagueiro Christensen quando sua equipe vencia por 1 a 0.

– Estivemos próximos de vencer a partida, mas um erro contra uma equipe com Messi, Suarez, Iniesta… custa caro. É uma pena – lamentou o comandante da equipe londrina.

MESSI X JÚLIO CÉSAR

Júlio César, durante sua passagem pela Inter de Milão, enfrentou o Barcelona quatro vezes – das quais, Messi esteve em campo em três oportunidades – e nunca levou do astro do time catalão. Ele ainda é o goleiro com a marca mais expressiva – Messi tem uma média de um gol a cada 102 minutos. Na temporada 2009/2010 da Liga dos Campeões, Barça e Inter estavam no mesmo grupo e depois se enfrentaram nas semifinais. Pela fase de grupos, Messi atuou apenas no empate por 0 a 0 entre as equipes no San Siro.

No duelo semifinal, melhor para Julio Cesar, que não levou gols do argentino, e viu sua equipe avançar para a final. No Santiago Bernabéu, a equipe venceu o Bayern de Munique por 2 a 0 e conquistou o título da Liga dos Campeões.

Equipes Europeias que nunca tomaram gols de Messi:

  • Rubin Kazan (RUS) – 4 jogos
  • Inter de Milão (ITA) – 3 jogos
  • Liverpool (ING) – 2 jogos
  • Benfica (POR) – 2 jogos
  • Udinese (ITA) – 1 jogo

Notícias relacionadas