Meninos resgatados em caverna recebem ordenação temporária como monges - WSCOM

menu

Internacional

04/08/2018


Meninos resgatados em caverna recebem ordenação temporária como monges

Foto: autor desconhecido.

Quase um mês após o término de uma incrível operação de resgate que ganhou ampla repercussão em todo o mundo, 11 dos 12 meninos que ficaram presos em um complexo de cavernas na Tailândia junto com seu técnico de futebol concluíram neste sábado uma ordenação temporária como monges budistas.

Com os cabelos raspados e usando túnicas de cor laranja, os meninos ofereceram – antes de voltar à vida laica – preces em agradecimento àqueles que os salvaram, incluindo um mergulhador que morreu afogado após levar suprimentos a eles dentro da caverna, informou o jornal “Bangcoc Post”.

O técnico dos meninos, Ekapol “Ake” Chanthawong, de 25 anos, continuará no templo budista por um período mais longo, e o outro garoto resgatado é cristão.

A cerimônia de ordenação temporária aconteceu no templo Phra That Doi Wao, na província de Chiang Rai, onde fica o complexo de cavernas Tham Luang, na qual eles ficaram presos em 23 de junho devido a uma inundação causada pelas chuvas de monção que impediram sua saída.

Após nove dias de busca, as equipes de resgate, que chegaram a ter mais de mil pessoas, localizaram os meninos, de 11 a 16 anos, e o treinador. Eles foram retirados por etapas nos dias 8, 9 e 10 de julho.

Os mergulhadores os sedaram e transportaram em macas e por baixo d’água em alguns trechos inundados.

Após conseguirem sair, os jovens foram internados no hospital Prachanukroh, também em Chiang Rai, e receberam alta uma semana depois.

Segundo os menores, o técnico os ajudou a se tranquilizarem com a ajuda de exercícios de meditação e sobreviveram bebendo a água que escorria pelas paredes da caverna.