Massagista processa Kevin Spacey por assédio sexual em 2016 - WSCOM

menu

Entretenimento

30/09/2018


Massagista processa Kevin Spacey por assédio sexual em 2016

Foto: autor desconhecido.

Quando Kevin Spacey achou que estava livre dos processos de assédio sexual que o tiraram da série “House of Cards” e de outros trabalhos, surge um novo caso. Um homem que prefere manter sua identidade anônima está processando o ator por assédio sexual. O caso teria acontecido em 2016, depois que o ator solicitou serviços de massagem em sua casa, em Malibu.

A nova ação judicial foi registrada na Corte de Los Angeles – a mesma que havia livrado o ator de diversas acusações no início deste mês. No processo, a vítima faz várias acusações além do abuso sexual. Spacey também é acusado de cárcere privado e de ter causado estresse pós-traumático ao massagista, que foi chamado para aliviar supostas dores na virilha do ator.

O processo traz detalhes de tudo o que aconteceu. Spacey teria recebido o massagista apenas de robe e trancado a porta da sala em que seria atendido. Ao ser orientado a deitar de costas, desobedeceu o pedido do massagista e deitou de frente. Quando o homem começou a massagear sua perna, o ator teria puxado as mãos dele e forçado uma masturbação.

O acusador ainda diz que tentou se esquivar do ator e que, neste momento, Kevin Spacey o puxou pelos ombros e tentou beijá-lo. O ator ainda teria tocado a genitália do homem e oferecido sexo oral.

Kevin Spacey era investigado por oficiais do Departamento de Abuso Infantil e Ofensas Sexuais, que coletaram um total de seis denúncias contra o ator. O caso mais conhecido veio à tona no final de 2017, quando Spacey foi conectado com um caso de assédio sexual pelo colega de profissão Anthony Rapp (“Star Trek: Discovery”), que contou ter sido molestado pelo ator quando ainda era menor de idade, aos 14 anos, em 1986. Desde então, diversas denúncias semelhantes foram feitas.

Apesar de ter se livrado dos primeiros processos nos Estados Unidos, o ator segue sendo investigado no Reino Unido pela Scotland Yard, que também recebeu múltiplas denúncias contra ele. Spacey agora também volta a ser investigado em Los Angeles por esse novo e mais recente caso.

Uol

Notícias relacionadas