Marcondes Gadelha coloca ex-ministro Mário Andreazza como "avô" da Transposição - WSCOM

menu

Política

10/04/2017


Gadelha: Andreazza é avô da Transposição

PRESIDENTE DO PSC

Foto: autor desconhecido.

O presidente do PSC na Paraíba, o ex-deputado federal e senador Marcondes Gadelha, declarou, nesta segunda-feira (10), rechaçou a paternidade da Transposição, mas afirmou que o avô da obra foi o ministro Mário Andreazza. Gadelha foi uma das figuras políticas que mais defendeu a importância e necessidade da obra.

“Tem muita gente se arvorando de pai. Agora, se tem uma coisa que eu não abro mão, é da história. Eu lutei por 25 anos, desde quando muita gente ainda não estava sequer participando da política eu já estava envolvido com a Transposição. Eu não conheço o pai da Transposição, eu conheço o avô: o ministro Mário Andreazza. Foi com ele que começou tudo e estávamos juntos desde o início, nos anos 80”, comentou.

Falando sobre a aliança das oposições, ao qual o PSC faz parte, Marcondes disse que espera na manutenção do grupo para eleger o governador do Estado. Segundo ele, o nome de Cartaxo é o que está em maior evidência no momento.

“A minha expectativa é que essa aliança que foi vitoriosa e vem trazendo frutos importantes para a Paraíba chegue a 2018 inteira e que a gente possa eleger o governador do Estado. O nome de Cartaxo é o que está mais em evidência, há outros nomes que estão sendo cogitados também, mas o que importa é a unidade. Esquema que se mantém unido, é imbatível”, concluiu.
 

Notícias relacionadas