Maranhão defende corte de impostos para solucionar crise dos combustíveis - WSCOM

menu

Política

30/05/2018


Maranhão defende corte de impostos para solucionar crise dos combustíveis

José Maranhão afirmou que há 30 anos faltam investimentos em refinarias, o que obriga o país a importar derivados, seguindo a cotação internacional

Foto: autor desconhecido.

Ao avaliar as medidas do governo federal em resposta à paralisação dos caminhoneiros, o senador José Maranhão (MDB-PB) afirmou nesta terça-feira (29) que o esforço por um acordo com os grevistas não será suficiente para afastar a crise. Segundo o parlamentar, a produção de petróleo no Brasil vai bem, mas faltam recursos para transformar o produto em combustíveis, diante do expressivo aumento da demanda.

José Maranhão afirmou que há 30 anos faltam investimentos em refinarias, o que obriga o país a importar derivados, seguindo a cotação internacional.

O senador observou que os aumentos dos preços de combustíveis trazem consequências devastadoras para toda a população e alimentam a espiral inflacionária. José Maranhão criticou o “peso descomunal” dos tributos sobre os derivados de petróleo e sugeriu a redução das alíquotas, mesmo que isso desagrade ao governo.

— Diante da atual situação, não vislumbro alternativa. Parece-me que rever impostos, em especial a generosa fatia do ICMS, é a única ferramenta caseira, um instrumento interno de que podemos lançar mão para atenuar o problema sem maiores tardanças.