Maranhão consegue apoio dos vereadores de Patos - WSCOM

menu

Política

30/04/2018


Maranhão consegue apoio dos vereadores de Patos

Maranhão concedeu entrevistas as rádios Arapuam FM, Itatiunga, Espinharas e Morada do Sol. Nelas, o pré-candidato aproveitou para lembrar de obras que beneficiaram o povo patoense em sua gestão

Foto: autor desconhecido.

A cidade sertaneja de Patos recebeu neste fim de semana o senador e pré-candidato ao governo do Estado, José Maranhão  (MDB). Ele foi recepcionado pelo novo presidente do MDB do município, Ricardo Pinto. Foram momentos importantes na Morada do Sol, principalmente, pela manifestação de apoio por parte da maioria dos vereadores da cidade.

Maranhão concedeu entrevistas as rádios Arapuam FM, Itatiunga, Espinharas e Morada do Sol. Nelas, o pré-candidato aproveitou para lembrar de obras que beneficiaram o povo patoense em sua gestão. “Fizemos a adutora Coremas Mae dagua; o restaurante popular; o hemocentro e a Central de hemodiálise; a UTI da maternidade; pavimentação de ruas; a Ceasa, entre outras obras”, destacou o pré-candidato.

E ao andar nas ruas da cidade o reconhecimento era visto em cada aperto de mão, e nos gritos: “Zé das águas”; “mestre de obras”. E foi nesse clima que Zé Maranhão aproveitou para dizer que tem como projeto principal para a cidade a construção de um hospital de trauma na região.

As reuniões ocorreram na casa de eleitores e correligionários. E foram nesses encontros que Maranhão obteve o apoio de grande parte dos vereadores para a sua campanha. Dos 17 parlamentares, 11 se comprometeram com Zé. Os parlamentares lembraram da integridade de Maranhão, o fato de ser ficha limpa e sobre sua seriedade com o trabalho. “Tudo que Maranhão prometeu para Patos, ele cumpriu”, declarou o vereador Ramon Pantera.

O pré-candidato também disse que na verdade não queria se candidatar, mas foi uma decisão do partido. “Nunca fui problema para os que querem permanecer no MDB. Na hora das crises, o partido me chama para a solução”, ressaltou Maranhão. Confirmou que os diálogos continuam e PSC, PRB e PP podem se tornar aliados nessa chapa.

“Embora eu saiba a importância das alianças, não são elas que vão decidir a eleição, mas o povo é quem vai decidir. E eu lembro a esses que eu não tenho ambição, mas uma missão a cumprir. E é isso que me instiga a trabalhar com muito afinco. Agradeço ao povo de Patos e conto com ele para vencermos mais essa batalha”, finalizou Maranhão.