Manoel Ludgério admite que tendência natural é do PSB eleger novo presidente da ALPB - WSCOM

menu

Política

12/10/2018


Manoel Ludgério admite que tendência natural é do PSB eleger novo presidente da ALPB

Foto: autor desconhecido.

O deputado estadual reeleito pelo PSD, Manoel Ludgério, admitiu nesta sexta-feira (12) que o novo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deva ser mesmo do PSB. O deputado afirmou que esse processo na formação do novo presidente será natural, já que o partido fez uma bancada “majoritária” na Casa.

“O candidato eleito [João Azevêdo] fez a maioria esmagadora. É natural que a presidência da Assembleia seja indicada pelo partido majoritário, ou seja, por um dos membros do PSB. Não faço objeção absolutamente a nenhum dos nomes que já estão se colocando como pré-candidatos à Presidência da Casa dentro da base do governo, até porque entendo que quem fez uma bancada majoritária, com 22 parlamentares, é natural que em qualquer governo que o presidente da Casa saia de um entre esses 22 parlamentares”, afirmou Ludgério.

Já os demais cargos da Mesa, segundo o parlamentar, devem ser ocupados proporcionalmente e ele deve buscar um lugar na Mesa. “E eu desejaria muito, pelo quinto mandato que irei exercer, de poder integrar a nova Mesa Diretora de forma efetiva e não em cargos simbólicos, mas em cargos efetivos, que realmente tenha atribuição na Mesa Diretora, como a primeira vice-presidência, a primeira-secretaria ou a segunda-secretaria”, destacou.

Na oportunidade, o deputado revelou que ligou para o governador eleito João Azevêdo para parabenizá-lo pela vitória.

“Liguei ao governador eleito João Azevêdo, parabenizei e desejei a ele boa sorte nessa missão que a Paraíba lhe permitiu de forma muito consagradora. Como deputado estadual estarei à disposição para contribuir para com o desenvolvimento do meu estado. Não faço a política do quanto pior, melhor. Quero é que a Paraíba avance, porque a Paraíba não somos nós. A Paraíba são nossos filhos, são nossos netos, nossas famílias, nossas gerações futuras. Então, o que precisar de mim para contribuir, estarei contribuindo para o bem da Paraíba”, frisou.

Com informações Parlamento PB

Notícias relacionadas