Manoel Jr. garante aliança intacta, apesar de nome de Cássio em lista de Fachin - WSCOM

menu

Política

12/04/2017


Manoel Jr fala sobre união das oposições

EVENTO DA PMJP

Foto: autor desconhecido.

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior substituiu nesta quarta-feira (12), o prefeito Luciano Cartaxo em evento da encenação da Paixão de Cristo no Centro Cultural de Mangabeira.

Durante entrevista ao Portal WSCOM, ele falou sobre como fica a aliança das oposições após a divulgação da lista do ministro do Supremo, Edson Fachin, onde envolve o nome do senador Cássio Cunha Lima, em suposto recebimento de propina em campanha eleitoral.

Indagado sobre a repercussão da lista, caso venha a atrapalhar a união dos dois, Manoel Júnior disse que, “de forma alguma. Nós precisamos separar o joio do trigo. Uma coisa é investigar quem recebeu recurso oficial para campanha, outra coisa é caixa 2, é recebimento de propina. Pelo que eu li, o senador Cássio Cunha Lima recebeu uma contribuição oficial através de uma empresa que é ligada a Odebrecht e ele vai ter, sem dúvida nenhuma, tempo e condições de justificar e explicar isso. Cabe a população entender”, frisou.

E reafirmou que, “em relação a nossa aliança, continua do mesmo jeito. Estamos unidos no propósito maior de chegarmos às eleições fortalecidos para fazer uma Paraíba diferente”.

Em relação a parceria com Cartaxo, Manoel Júnior destacou que trabalham em conjunto, em prol do desenvolvimento da cidade de João Pessoa. “Essa sintonia é 100%, até porque nós estamos trabalhando a quatro mãos, isso tem dito o prefeito Luciano Cartaxo em todas as oportunidades. Ele está um pouco acamado com a questão da gripe forte e eu vim substituí-lo. Acho que vou tentar cumprir meu papel”, ressaltou.

Na ocasião, o vice-prefeito parabenizou a organização do evento pela apresentação da encenação da Paixão de Cristo pelas crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). O projeto integra as ações dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e busca estimular, através das artes e cultura, as relações sociais, elevar a autoestima e fortalecer sentimento de pertencimento deles com a comunidade e família. 

Notícias relacionadas