Mais de 95% dos turistas estrangeiros querem voltar ao Brasil, diz ministério - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

20/07/2016


95,5% dos turistas querem voltar ao BRA

TURISMO

Foto: autor desconhecido.

{arquivo}Pesquisa do Ministério do Turismo divulgada nesta quarta-feira (20) mostra que 95,5% dos turistas estrangeiros que passaram pelo Brasil no ano passado têm intenção de retornar ao país. O levantamento, chamado Demanda Turística Internacional, também aponta que 86,5% dos entrevistados tiveram as expectativas atendidas ou superadas na viagem.

Ao longo de 2015, 6.305.838 turistas estrangeiros vieram ao Brasil, em viagens de lazer (51,2%), negócios e eventos (20,2%), visita a amigos e familiares, atividades educativas, de saúde ou religiosas (28,5%).

O número é 2% menor que os 6,42 milhões recebidos em 2014 mas, naquele ano, o Turismo estima que 1 milhão de pessoas tenham desembarcado no Brasil apenas para a Copa do Mundo. Se os dados de 2015 forem comparados aos de 2013, a alta no fluxo de turistas é de 8,4%.

A pesquisa do ministério ouviu 35.133 estrangeiros em 16 aeroportos brasileiros, que reúnem mais de 99% do fluxo internacional aéreo, e 10 fronteiras terrestres, que concentram 90% do fluxo internacional por rodovias e ferrovias.

Entre os quesitos bem-avaliados pelos estrangeiros, o principal é a hospitalidade do povo brasileiro, citada por 97,7% dos entrevistados. A qualidade da gastronomia, da hospedagem e dos restaurantes também foi citada por mais de 90% dos participantes da pesquisa.

Na comparação com a Demanda Turística Internacional de 2011, apenas 2 dois 16 quesitos avaliados tiveram queda na aprovação: segurança pública e telefonia/internet. Em 2015, os serviços de telecomunicações registraram a pior avaliação entre todos os fatores questionados – apenas 65,4% dos turistas tiveram uma experiência positiva.

 

{arquivo}Origens e destinos
A pesquisa do Ministério do Turismo mostra que, em média, um em cada três turistas que vieram ao Brasil em 2015 saíram da Argentina – foram 2.079.823 "hermanos". O ranking segue com Estados Unidos (575.796), Chile (306.331), Paraguai (301.831) e Uruguai (267.321).

Somados, os países da América do Sul representam 54,4% dos emissores de passagens com destino ao Brasil. Segundo o ministério, o número é explicado pela facilidade de acesso, seja por terra ou pelo ar.

Entre aqueles que viajaram por lazer, 69,4% se dirigiram às praias do país, sobretudo nos meses de verão que formam a alta temporada (janeiro e fevereiro). Os destinos de natureza, ecoturismo e aventura foram selecionados por 15,7% dos turistas, e os roteiros culturais, por 12,1%.

“Fortalecer o Brasil como destino turístico competitivo passa necessariamente pelo fortalecimento do turismo regional e a forte presença de turistas dos países vizinhos ao Brasil mostram que estamos fazendo bem esse trabalho”, diz o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, em material divulgado pela pasta.

A pesquisa divide os destinos "mais badalados" entre as viagens de lazer e de negócios. Em 2015, apenas quatro cidades aparecem nas duas listas: Foz do Iguaçu, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador.

Na categoria lazer, três cidades estrearam no top 10 em 2015: Bombinhas (SC), Angra dos Reis (RJ) e Paraty (RJ). Com a mudança, Brasília (DF), Belo Horizonte (MG) e Porto Alegre (RS), que foram sedes da Copa em 2014, deixaram a lista.

Veja a lista dos dez destinos mais visitados por estrangeiros em viagens de lazer:
1) Rio de Janeiro (RJ)
2) Florianópolis (SC)
3) Foz do Iguaçu (PR)
4) São Paulo (SP)
5) Armação dos Búzios (RJ)
6) Bombinhas (SC)
7) Salvador (BA)
8) Angra dos Reis (RJ)
9) Balneário Camboriú (SC)
10) Parati (RJ)


Veja a lista dos dez destinos mais visitados por estrangeiros em viagens de negócios:
1) São Paulo (SP)
2) Rio de Janeiro (RJ)
3) Curitiba (PR)
4) Porto Alegre (RS)
5) Belo Horizonte (MG)
6) Campinas (SP)
7) Foz do Iguaçu (PR)
8) Brasília (DF)
9) Fortaleza (CE)
10) Salvador (BA)

Notícias relacionadas