Mais cinco postos são atuados hoje na Capital; força tarefa contra reajuste da g - WSCOM

menu

Economia & Negócios

19/08/2005


Mais cinco postos são atuados

A força tarefa que reúne Procons do Estado e da Prefeitura, mais Fisco e Inmetro, continuará a fiscalizar os postos da Capital na próxima semana. Hoje, mais cinco estabelecimentos foram autuados.

Os proprietários não conseguiram justificar, com suas planilhas de custos, a elevação no preço do litro da gasolina – que subiu de R$ 1,99 para R$ 2,39 esta semana. As distribuidoras têm mantido o preço desde junho (veja demonstração abaixo).

O coordenador geral do Procon-JP, Sandro Targino, disse que ao todo já foram expedidos doze autos de infrações. Os proprietários dos postos têm dez dias para apresentar defesa e, se não foram convincentes, podem recber multas que variam de 200 a 3 milhões de UFIRs (R$ 1,064).

Além de analisar as planilhas, a força tarefa está fiscalizando as movimentações financeiras dos postos para checar os recolhimentos fiscais. Técnicos do Inmetro também estão recolhendo amostra da gasolina para análises.

Veja como se comportou os preços dos combustíveis em João Pessoa (período de junho a agosto):
Junho R$ 2,32 nas bombas

R$ 2,00 nas distribuidoras

Julho R$ 1,99 nas bombas

R$ 2,00 nas distribuidoras

Agosto R$ 2,39 nas bombas

R$ 2,00 nas distribuidoras

Notícias relacionadas