Lúcio Flávio entrega programa de gestão e ironiza adversário por censura a blog - WSCOM

menu

Educação

27/05/2008


Lúcio Flávio entrega programa de



Lùcio Flavio visitou dependências da WSCOM

O diretor do Centro de Ciências Humanas Letras e Artes (CCHLA) e candidato a reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Lúcio Flávio, esteve na manhã desta terça, 27, na redação do WSCOM Online para entregar a carta-programa de gestão para o quadriênio 2008-2012. Na oportunidade, ele falou sobre sua campanha e voltou a comentar a censura do seu blog pela Comissão de Ética designada pelo Conselho da Universidade (Consuni).

“Tenho um apreço enorme pela liberdade de imprensa e fico triste por um reitor da Universidade censurar um blog através da Comissão. Mas ao mesmo tempo fiquei alegre, pois se você encomenda uma pesquisa e ao invés de exaltar o resultado, você se preocupa com um blog é porque ela não foi boa”, ironizou.

Ele criticou o atual reitor e candidato a reeleição, Rômulo Polari, que ainda não entregou suas propostas aos eleitores:

“Estamos a 8 dias das eleições e nosso concorrente não apresentou sequer sua carta programa. Como é que um candidato diz ter várias propostas e até agora, no próprio site dele, não existe carta programa?”, alfinetou.

Lúcio Flávio destacou como principal ponto de sua campanha o contato direto com os corpos discente e docente da Universidade:

“Este programa é fruto de três meses de trabalho. Visitamos todos os campi da UFPB e verificamos as necessidades. Eles (Polari) estão em guerra tradicional, reunindo os generais e os caciques em uma sala com ar condicionado. Nós estamos com tática de guerrilha, no corpo a corpo, de segunda a segunda”, afirmou.

Ele encerrou explicando qual o posicionamento que irá adotar a partir de agora, com a proximidade das eleições, dia 4 de junho:

“A partir de agora é contato com os eleitores. Hoje mesmo ficamos das 6h30 às 8h na Universidade entregando nossa carta programa individualmente. É trabalhar de segunda a segunda e estamos fazendo isso há três meses, não é de hoje”, concluiu.

Urnas eletrônicas – Pela primeira vez as eleições para reitor da Universidade Federal da Paraíba os votos serão eletrônicos, com as mesmas urnas utilizadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Em cada ponto de votação haverá três urnas, uma para cada categoria de eleitor: estudantes, professores e técnicos administrativos.

Ao todo, 20 mil estudantes estão aptos a votar, bem como 1.700 professores e outros 3.630 técnicos administrativos.

Em alguns centros a votação será encerrada às 17h, mas todas as urnas só começam a ser apuradas na partir das 21h, por conta dos cursos noturnos.

Além de Lúcio Flávio e Rômulo Polari, concorre também ao cargo de reitor Zé Rodrigues.

Debate – Na noite desta terça, 27, os três candidatos se enfrentam em um debate no auditória da Reitoria da UFPB a partir das 19h30.