Líderes da oposição e situação divergem quanto a criação da Empaer - WSCOM

menu

Política

07/03/2019


Líderes da oposição e situação divergem quanto a criação da Empaer

Uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa da Paraíba discutiu, na manhã desta quinta-feira (7), a fusão da Emepa, Interpa e Emater e criação da Empaer na Paraíba. A ação, do Governo do Estado, foi realizada  através da Medida Provisória (MP) 277 do dia  2 janeiro.

O líder da oposição e propositor da Audiência, Raniery Paulino (MDB), criticou a ação do Governo em realizar a fusão através de uma MP e apontou que faltou debate para esclarecer a atuação da nova empresa.

“A ideia é criar uma oportunidade ao debate. É importante que se registre, e minha critica é essa extinção por medida provisória. A MP é antipática ao bom debate na Assembleia, inclusive  o processo legislativo ele tem muito mais fundamentação quando é através de Projeto de Lei”, declarou o oposicionista.

Raniery também apontou que “fica difícil você votar uma medida provisoria quando ela vem em caráter de urgência, com força de lei e autoridade, sem que se faça uma discussão ampla”.

Já o líder governista, Ricardo Barbosa (PSB), destacou que ação do Governo Estadual visa a competitividade do setor no Estado. O Governo apontou que deve enxugar os cargos comissionamos, que passarão de 500 para 74, além de ter uma economia de R$ 26 milhões nos cofres públicos.

“A Empear permite a Paraíba pensar alto, em uma conjuntura que o desenvolvimento sustentável se tornou imperativo. A Empaer pode ser o passaporte para que a agricultura no nosso estado ocupe a linha de frente na busca de soluções para o setor. A reestruturação proposta chamou atenção para outros estados”, revelou.

Por Redação / Portal WSCOM