Liderança e Abelão marcam Flu x Inter - WSCOM

menu

Mais Esporte

03/06/2006


Liderança e Abelão marcam Flu

Pouco mais de um ano depois, o técnico Abel Braga reencontra a torcida do Fluminense no Maracanã. Contudo, desta vez estará em banco de reserva oposto, defendendo o Internacional, em jogo que vale a primeira colocação do Brasileirão.

Quem sair vitorioso do confronto deste sábado, às 16h, pelo menos “dormirá” na liderança do certame. Isso porque o São Paulo, atual líder com 19 pontos, só entrará em campo domingo e é perseguido pelo Flu – vice-líder com 19, mas saldo de gols pior – e o Inter, quarto colocado com 18 pontos.

DESPEDIDA?

O atacante colorado Rafael Sóbis pode estar fazendo seu último jogo vestindo a camisa do Internacional. O jogador interessa ao Hamburgo-ALE e poderá deixar Porto Alegre durante a Copa do Mundo.

Leia mais

Do lado vermelho desta briga entre os times estará Abel Braga, técnico do Tricolor durante o ano de 2005. Nas Laranjeiras, o treinador foi campeão estadual, mas não se “consagrou” por ter deixado a vaga na Libertadores escapar duas vezes, sendo vice da Copa do Brasil e quinto colocado do Brasileirão.

“Tenho uma relação muito boa com todos lá, com a comissão técnica e com o grupo de jogadores. Só não continuei porque não chegamos a um acordo salarial”, disse o treinador: “Vai ser um jogo especial, o Fluminense tem um torcedor fantástico, que quando começa a cantar transfigura os jogadores”.

Do lado tricolor, os atletas também guardam um carinho especial pelo treinador. O meia Juliano, lançado nos profissionais por Abelão, tem gratidão pelo técnico, mas avisa que não levará isso para dentro de campo.

“Sou muito grato a ele por ter me lançado no time de cima, mas vou fazer o meu jogo e tentar a vitória a qualquer custo. Mas darei um abraço nele na beira do campo”, disse de forma bem-humorada o jogador.

Já o treinador Oswaldo de Oliveira acredita que o Colorado poderá levar vantagem pelo fato de Abel conhecer bem a maioria dos atletas. Mas conta com as dicas do observador Josué Teixeira – que por dois anos trabalhou com Abel – para igualar essa disputa.

“Claro que ele pode levar vantagem, mas aqui também muitos o conhecem. Ainda vou conversar com o Josué e tentar o maior número possível de informações. Quem sabe não conseguimos neutralizar ele?”, disse Oswaldo.

No Flu, Lenny barrado. Abelão faz mistério

A barração de Lenny no Fluminense pegou a todos no clube de surpresa, inclusive o próprio jogador, que se demonstrou abatido com a decisão de Oswaldo. Alheio a isso, o atacante Alex, seus substituto, espera reviver com Tuta os bons momentos protagonizados no Estadual de 2005.

“Conheço bastante o Tuta, não vai ter mistério jogar com ele. Entrosamento não vai faltar. Espero ter novamente ao lado dele as vitórias do ano passado, quando fomos campeões cariocas”, disse o atacante.

Para a partida, Oswaldo de Oliveira novamente terá muitos desfalques. Thiago, Arouca e Petkovic, lesionados, estão fora. Nas alas, Marcelo, suspenso, e Rogério, ainda com virose, também não jogarão. Jean e Radamés são os substitutos. Em compensação, Thiago Silva e Tuta retornam.

Entretanto, do lado gaúcho Abel Braga também coleciona problemas. O ala-direito Elder Granja, o zagueiro Fabiano Eller, o volante Fabinho, os meias Márcio Mossoró e Adriano, todos lesionados, seguem fora. Além disso, o meia Alex, suspenso, não joga.

Seu substituto é o grande mistério do Colorado. Chiquinho desponta como favorito à vaga, mas o atacante Léo está na briga. Se for escolhido, Fernandão será recuado para a meia.

“Não vou adiantar nada sobre o time, espero fazer alguma surpresa. O treinador deles [Oswaldo] é muito meu amigo, e sabe muito como eu penso”, disse o treinador.

FLUMINENSE X INTERNACIONAL

Data: 03/06/2006 (sábado)

Horário: 16h (horário de Brasília)

Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)

Auxiliares: Nilson de Souza Monção (SP) e Emerson Augusto de Carvalho (SP)

Fluminense

Fernando Henrique; Gabriel Santos, Roger e Thiago Silva; Radamés, Marcão, Romeu, Juliano e Jean; Alex e Tuta

Técnico: Oswaldo de Oliveira

Internacional

Clemer; Índio, Bolívar e Ediglê; Ceará, Edinho, Tinga, Chiquinho (Léo) e Jorge Wagner; Rafael Sobis e Fernandão

Técnico: Abel Braga

Notícias relacionadas