Libertadores pode ter inédito Gre-Nal nas quartas; clubes focam oitavas - WSCOM

menu

Futebol

21/04/2011


Copa pode ter inédito GreNal nas quartas

Libertadores

Foto: autor desconhecido.

Internacional e Grêmio podem se enfrentar nas quartas de final da Libertadores da América de 2011. Para isso, basta "apenas" que vençam seus duelos pelas oitavas de final da competição – respectivamente contra Peñarol (URU) e Universidad Católica (CHI). E enquanto a expectativa do possível clássico não se cumpre, os rivais gaúchos se concentram em seus próximos adversários pela competição sul-americana.

A definição do Peñarol como adversário do Inter nas oitavas deixou dividida a direção do clube. O presidente Giovanni Luigi gostaria de enfrentar um time que fosse de um pais sem tradição na Libertadores – no caso o adversário seria o Jaguares (MEX). Já o vice de futebol Roberto Siegmann gostou da definição do time uruguaio como adversário – o principal motivo é a viagem entre Porto Alegre e Montevidéu, que de avião leva aproximadamente uma hora.

"Pela questão técnica, nós temos que enfrentar qual quer adversário. Agora, pela questão logística, foi bom pegar o Peñarol: a viagem é curta e a nossa torcida também poderá viajar e estar presente em bom número em Montevidéu. Vamos viajar um dia antes, se o jogo for na quarta-feira, viajamos na terça, se for na quinta-feira, aí vamos na quarta", disse Siegmann.

O time vai realizar duas trocas na atual lista de jogadores inscritos na Libertadores. O zagueiro Sorondo, machucado e que só volta a atuar no segundo semestre, e o atacante Alecsandro, negociado com o Vasco, saem da atual lista. Três jogadores estão cotados para as duas vagas: o recém-contratado lateral esquerdo Fabrício, o meia-atacante Ricardo Goulart e o zagueiro Rodrigo Moledo. A direção só deve confirmar as trocas na próxima semana.

A direção gremista, por sua vez, aprovou a definição da Universidad Católica como adversário tricolor nas oitavas de final. A principal preocupação dos dirigentes gremistas era de ter que enfrentar a LDU (EQU) e a altitude de Quito.

"Acho que nós não temos que escolher adversário, mas é bem melhor enfrentar um time que não tenha que fazer um grande deslocamento e sem a altitude. Vamos agora pensar no jogo de terça-feira contra a Universidad Católica, tentar fazer um bom resultado em casa e garantir a classificação lá no Chile", disse o vice de futebol gremista, Antônio Vicente Martins.

A primeira partida entre Grêmio e Universidad Católica será terça-feira, dia 26 de abril, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre.

Notícias relacionadas