A leveza de Manuela para o País - Por Zezé Bechade - WSCOM

menu

Política

10/08/2018


A leveza de Manuela para o País – Por Zezé Bechade

Foto: autor desconhecido.

A escolha de Manuela D’Ávila (PCdoB) como vice na chapa de Lula (PT) cai como uma luva para quebrar paradigmas e velhos estereótipos preconceituosos que fazem muito mal ao crescimento e desenvolvimento de uma sociedade.

O primeiro paradigma é o modelo de aliança/chapa eleitoral alicerçadas na velha política oligárquica, dos grupos empresariais ou familiares. O segundo é o desmonte do estereótipo de que o comunismo vem para “tomar os bens” das pessoas e fazer do Brasil uma ditadura. Discurso antigo, mas, ainda, muito em voga nas camadas desinformadas e abastadas!

Manuela, com sua leveza na alma e fortaleza da mulher empoderada vem com tudo, quebrando esses modelos que já não cabem mais no discurso socialista, tão bem apresentado por ela e o seu partido, e na forma como se coloca no mundo político. Além disso, é impulsora dos movimentos dos partidos de esquerda em torno da candidatura de Lula, que tem perspectivas de crescimento, caso ocorra segundo turno.

A ousadia de Manuela quando carrega com ela a filha de três anos para compromissos e atos políticos é a mesma que a faz postar uma foto no Instagram, de biquíni (ao lado da filha, mais uma vez) nas areias de Cabo Branco, em João Pessoa, no dia seguinte a um ato político na cidade. É a mesma ousadia de dar a volta por cima ao ser sabatinada de forma preconceituosa e misógina pelos jornalistas do programa de TV Roda Viva.

É com essa leveza, desprendimento e empoderamento que Manuela chega ao cenário complicado destas eleições de 2018 para falar de democracia, diversidade, direitos, solidariedade, sororidade e de uma nova forma de pensar política. É a representação do novo feminismo e de um novo paradigma do fazer político. É romper com as velhas estruturas de Poder e abrir caminhos para uma nova linguagem política.

Na Pauta
• Por sua destacada atuação em defesa dos Direitos Humanos no Estado, o Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, do Ministério Público Federal – MPF, José Godoy, recebe o Título de Cidadão Paraibano. A solenidade acontece no dia 17/08/2018, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, às 8h30.
• Artistas e produtores paraibanos estão preparando o “Festival Lula Livre”, em João Pessoa, para o dia 15 de agosto próximo, na Praça da Paz.
• De acordo com dados estatísticos da Justiça Eleitoral, as mulheres representam 52% do eleitorado brasileiro. Isso significa: 77.076.395 mulheres aptas a votar e serem votadas. No entanto, nas últimas eleições municipais (2016), apenas 31,89% do total de candidaturas eram femininas no Brasil.