Letícia Almeida fala sobre suposto estupro: "Me levou para o último andar da casa" - WSCOM

menu

Entretenimento

14/02/2019


Letícia Almeida fala sobre suposto estupro: “Me levou para o último andar da casa”

Letícia Almeida falou pela primeira vez sobre detalhes do suposto estupro que sofreu na casa da família Pôncio. A atriz acusa Jonanthan Couto, pai de sua filha Madalena, de abuso sexual. Ela afirmou que estava bêbada e que tudo aconteceu sem seu consentimento.

“Ele me ofereceu bebida. Não costumo beber, mas estava bêbada aquele dia por causa de uma comemoração. Me ofereceu vinho, bebi vinho. Ele me levou pro último andar da casa e teve relações comigo, sem meu consentimento. Eu não lembrava devido a minha embriaguez e não tive reação. Rapidamente, consegui me livrar daquilo, fui para o meu quarto e dormi”, explicou em uma conversa no progama de Luciana Gimenez.

Letícia Almeida (Foto: Instagram/Reprodução)

Letícia disse ainda que amava Saulo Pôncio, seu namorado na época e cunhado de Jonathan. Questinada se a embriaguez afetou as suas lembranças daquele momento, a atriz mantém veemente o relato do abuso. “Eu amava o Saulo. Nunca tive relação com ninguém, eu morava na casa dele”, disse.

Letícia contou ainda que Jonathan lhe ofereceu uma pílula do dia seguinte, dois dias depois após o suposto abuso sexual. “Eu fiquei super mal, porque eu não sabia do que tinha acontecido. Eu tomei. Não deu certo. Foi dois dias depois. Não consegui contar para ninguém”, completou.

Além disso, voltou a acusar a família Poncio de tê-la agredido e tentar sequestrar a sua filha de um ano. 

Depois de conceder a entrevista, Letícia Almeida ainda gravou vídeos no Stories e falou que relembrar tudo isso ainda é muito difícil. Confira:

Glamour