LEIA - Blog de WS mostra como nova operação da PF na Universidade do PR serve à privatização - WSCOM

menu

Política

13/03/2018


LEIA – Blog de WS mostra como nova operação da PF na Universidade do PR serve à privatização

"A operação desta terça-feira é absurda e se confronta com a importância e lisura das Universidades Públicas"

Novo texto no Blog de Walter Santos desta terça-feira (13), mostra como a nova operação da Polícia Federal na Universidade do Paraná, serve à privatização. “A operação desta terça-feira é absurda e se confronta com a importância e lisura das Universidades Públicas

Leia a análise na íntegra:

Nova operação da PF em IEF intimida e serve ao desmonte das Universidades pelo Ensino Pago

Ninguém se iluda: muito além de foco na moralidade , a Operação deflagrada nesta terça – feira na Universidade Tecnológica do Paraná buscando averiguar indícios de desvios de R$ 5,7 milhões é a expressão clara do Governo Temer de desmoralizar a imagem das Universidades Federais como patrimônio nacional para abrir espaços seguintes visando a privatização do ensino de Terceiro Grau.

A sociedade brasileira desconhece que, enquanto a PF age com espetacularização criminosa e desnecessária, o Ministério da Educação altera regras e normas para inserir benefícios em favor das Universidades Privadas – exatamente quem vive de fins lucrativos e não investe absolutamente nada em pesquisas, por exemplo.

A operação desta terça-feira é absurda e se confronta com a importância e lisura das Universidades Públicas pois, conforme recente Ranking, das 10 melhores Faculdades do País 10 são exatamente com Ensino gratuito. Este é o objetivo central do Governo Temer, que age nesta direção.

NÃO HÁ NECESSIDADE DE ESCÂNDALO

A direção da Universidade do Paraná já tinha tomado medidas saneadora, como até demissão de cargo para resolver possíveis indícios ainda não constatados de procedência, por isso a PF serve ao intuito inaceitável de desmoralizar as universidades com prisões arbitrarias e, repito, desnecessárias porque os Docentes e Dirigentes das instituições são pessoas probas, mas afetadas pela ação brusca policial.

Em síntese, mesmo no mister de sua função, a PF e as instituições de fiscalização e controle, a exemplo da CGU, TCU, Etc estão agindo no afã da moralidade para destruir com o maior Patrimônio intelectual do Brasil a partir das Universidades Federais e isto é absurdo que precisa de reação da sociedade organizada.

A hora é de lutar contra o Desmonte e pelo Ensino Público de Terceiro Grau.

Notícias relacionadas