Killys Mota comemora estreia no Fight 2 Night contra japonês: "Via no DVD" - WSCOM

menu

Mais Esporte

27/04/2017


Killys comemora estreia no Fight 2 Night

CONTRA JAPONÊS

Foto: autor desconhecido.

O que é um sonho realizado para você? Pode ser um bom emprego, comprar algo que sempre quis ou apenas conhecer aquele ídolo da infância. Claro, cada um tem seu sonho e faz de tudo para concretizá-lo. Para os lutadores de MMA, esse leque pode ser ainda maior, se você tiver a oportunidade de ficar frente a frente dentro do ringue com uma das suas referências no esporte.

Este é o caso do Killys Mota, de 26 anos, que estreia no Fight 2 Night na próxima sexta-feira, em Foz do Iguaçu, Paraná, justamente contra Akihiro Gono, de 42 anos, e que costumava estar presente em alguns DVDs do extinto Pride, no início da década, assistidos constantemente pelo jovem peso-leve na adolescência.

– Quando descobri que ia lutar com ele, a primeira sensação foi de sonho realizado. Assistia DVDs com as lutas dele no Pride e, realmente, sempre foi uma referência para mim no esporte. Fiquei feliz e honrado mesmo. Nessa época, tinha uns 16 anos, era rebelde e comecei a praticar artes marciais. Via os vídeos de MMA e ficava fascinado pelo vale-tudo. Nomes como Wanderlei Silva e Maurício Shogun me chamavam muito a atenção. Então, entrei na academia e comecei a fazer muay thai.

Aos 18 anos, fui morar em Curitiba, com o sonho de ser lutador igual aqueles caras que via no DVD. As artes marciais entraram na minha vida automaticamente, tudo aconteceu de forma natural e, desde então, já fiz mais de 30 lutas amadoras de muay thai e MMA – afirmou Killys Mota ao Combate.com, por telefone.
Killys é um lutador muito agressivo, com muita disposição, excelente na trocação e, por isso, acredito que vai nocautear o Akihiro Gono.

Cristiano Marcello

Em Curitiba, o jovem peso-leve passou a treinar com Cristiano Marcello, na equipe CM System. A partir de então, Killys Mota passou a lutar profissionalmente MMA, acumulando oito vitórias e nenhuma derrota nos quase quatro anos dedicados às artes marciais mistas. Apesar do pouco tempo na profissão, o lutador paulista não sentir pressão por se apresentar em um evento que vem crescendo cada vez mais dentro do cenário nacional.

– Infelizmente, ainda não consigo viver exclusivamente do MMA. Faltam recursos, sou pai de família, com dois filhos, casado, tem aluguel pra pagar, então, tenho que trabalhar de segurança à noite e, durante o dia, procuro treinar na academia e descansando em casa. Hoje em dia, meu espelho é o Cristiano Marcello mesmo, que escreveu história no MMA e é meu mentor mesmo. Já tive uma boa experiência como amador, lutas duras no profissional e, na verdade, sempre tive um psicológico muito forte. Nada me abala dentro do ringue, luto feliz e não fico nervoso ou ansioso. Por isso, para mim, esse tempo aqui em Foz do Iguaçu são como férias, que acabam no dia da luta, quando vou entrar lá e fazer meu trabalho – comentou.

Treinador de Killys Mota, Cristiano Marcello enumera as qualidades do jovem pupilo dentro do ringue e, baseado no que conhece do peso-leve, a larga experiência de Akihiro Gono não será capaz de impedir a vitória do brasileiro na luta que abre o card principal do Fight 2 Night.

– O Killys é um lutador muito agressivo, um jovem com muita disposição. Ele treina forte, tem uma excelente trocação, por isso acredito que ele irá nocautear o Akihiro Gono. O japonês é uma lenda, mas vejo no dia a dia que o Killys está pronto para superar esse grande desafio e começar a brilhar internacionalmente – disse Cristiano Marcello. 

Na próxima sexta-feira, na cidade paranaense, Killys Mota pode realizar dois sonhos na mesma noite. Além de enfrentar Akihiro Gono, o peso-leve brasileiro espera que seu contrato com o Fight 2 Night seja estendido, lhe garantindo um pouco mais de tranquilidade financeira. Para isso, o caminho é conhecido: dar show dentro do ringue e conquistar uma convincente vitória.

– A princípio, seria só essa luta, mas quero trabalhar, viver da luta e, para isso, preciso me apresentar bem para ter novas oportunidades nesse evento, que vem crescendo, ganhando visibilidade e trazendo grandes nomes do MMA brasileiro e internacional. Estudei o jogo do Gono, tem um bom jogo de wrestling, tem um muay thai tailandês clássico, parado e é bem experiente. Mas eu treino com os melhores caras do Brasil. Lutadores completos e, por isso, acredito na minha vitória. Estou 100% preparado, fisicamente e psicologicamente, e acredito em um nocaute no primeiro round. Entrou lá em cima, vai ser como se ele tivesse 20 anos só – concluiu.
Como já aconteceu no Rio de Janeiro, o Fight 2 Night 02 será seguido de uma grande festa, com apresentações da banda Jota Quest e do trio de DJs Make U Sweat, e que só termina às 5h30.

Fight 2 Night 02

28 de abril – Foz do Iguaçu (PR)

CARD PRINCIPAL:
Peso-meio-pesado: Luiz Banha x Matt Hamill
Peso-médio: Paulo Thiago x Fayçal Hucin
Peso-palha: Virna Jandiroba x Ericka Almeida
Peso-leve: Killys Mota x Akihiro Gono

CARD PRELIMINAR:
Peso-palha: Jhonata Silva x Victor Carvalho
Peso-palha: Marina Alcalde x Samara Marituba
GP PESO-MEIO-MÉDIO (sorteio das lutas no dia da pesagem):
William Patolino
Luiz Cado
Junior Marques
Handesson Ferreira
Edi de Castro
Junior Orgulho
Matias Juárez
Jorge Laterra