Juventude vira aos 44 do 2º tempo e elimina o Botafogo em reedição de final da Copa do Brasil - WSCOM

menu

Futebol

12/04/2019


Juventude vira aos 44 do 2º tempo e elimina o Botafogo em reedição de final da Copa do Brasil

Juventude e Botafogo duelaram no Alfredo Jaconi (Twitter)

A equipe alviverde venceu o time carioca de virada por 2 a 1 nesta quinta-feira, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul-RS, em jogo válido pela rodada de volta da terceira fase da competição.

Na ida, as duas equipes empataram por 1 a 1.

Na decisão ocorrida há 20 anos, o Juventude foi campeão depois de vencer em casa por 2 a 1 e empatar em 0 a 0 no Maracanã.

Expulsões e virada

Com uma escalação mais ousada do que no primeiro jogo, o Juventude tentou partir para o ataque, mas foi o Botafogo que chegou primeiro na área em cruzamento de Erik para Diego Souza, mas Vidal desviou para escanteio. Aos cinco minutos, o time alvinegro carioca colocou a bola nas redes com uma cabeçada de Cícero, mas a arbitragem marcou impedimento de Erik que fez a assistência.

Empurrado pela torcida, a equipe de Caxias do Sul criou nova chance aos 11 minutos quando Dalberto recebeu na área e mandou a bomba, mas Gatito Fernández fez grande defesa. Após lance confuso na área do Botafogo, Braian Rodriguez cometeu falta dura sobre Marcinho, o que provocou um início de desentendimento entre jogadores das duas equipes.

Mesmo sem realizar uma grande atuação, o Botafogo marcou o primeiro gol aos 32 minutos, Após lançamento pelo alto, a zaga do Juventude vacilou e Cícero, inteiramente livre, dominou e tocou para as redes, sem chances para o goleiro Marcelo Carné. Foi o primeiro gol marcado por Cícero com a camisa alvinegra.

Depois de sofrer o gol, o Juventude começou a mostrar nervosismo e a errar lances fáceis, mas aos 40 minutos, o Botafogo perdeu um jogador. O meia Alex Santana que já tinha cartão amarelo, entrou duro sobre Rafael Jataí e recebeu a segunda advertência, sendo expulso de campo. Nos acréscimos, o time da casa ainda desperdiçou mais uma oportunidade quando Dalberto, livre na pequena área, errou a cabeçada.

Segundo tempo

No segundo tempo, o Juventude marcou o gol do empate aos 15 minutos. Após cruzamento de Lennon, Braian Rodríguez se antecipou a Marcelo Benevenuto e cabeceou sem chances para Gatito Fernández. Aos 19 minutos, a defesa do Juventude falhou e Diego Souza arrancou desde a intermediária e, diante do goleiro Marcelo Carné, mandou por cima do travessão, desperdiçando uma oportunidade incrível. Logo depois da conclusão, Diego Souza caiu se queixando de dores na coxa esquerda e pediu substituição.

Nos minutos finais, o técnico Zé Ricardo colocou o volante Rickson na vaga do atacante Luiz Fernando para proteger o sistema defensivo, mas a providência não foi suficiente para evitar que o Juventude marcasse o segundo gol aos 44 minutos, garantindo a vitória e a classificação.

Após falha da equipe alvinegra no meio campo,Breno investiu pela esquerda e cruzou para a entrada rápída de Dalberto que não deu chances para Gatito Fernández. Depois do gol, o volante Jean jogou a bola sobre um adversário e também recebeu cartão vermelho, selando a sorte da equipe carioca na partida.


Por ESPN