Jogador ex-Botafogo-PB sofre parada cardíaca com hipotermia na Bolívia - WSCOM

menu

Esporte

06/08/2018


Jogador ex-Botafogo-PB sofre parada cardíaca com hipotermia na Bolívia

Foto: autor desconhecido.

O volante brasileiro Amarildo foi levado às pressas a um hospital após um quadro agudo de hipotermia quando disputava uma partida do Campeonato Boliviano de futebol. O ex-jogador do Botafogo-PB estava em campo no empate em 0 a 0 entre Destroyers, seu novo clube, com o Jorge Wilstermann pelo nacional e precisou ser atendido no intervalo do duelo no estádio Samuel Vaca. Ele jogou na equipe paraibana em 2017.

De acordo com médico do clube, Jeus Josimar Salvatierra Moreno, Amarildo teve uma queda brusca de temperatura corporal e sofreu uma parada cardíaca seguida de paralisia facial. Chovia muito durante o jogo.  

– Ele sofreu uma parada cardíaca e perdeu o pulso no trajeto do estádio ao hospital. Tivemos que fazer respiração cardiopulmonar. Nos assustamos porque na ambulância não havia morfina e nem desfibrilador – explicou o médico do clube ao site esportivo Diez.

Amarildo ainda está sob cuidados médicos e tranquilizou a família e os torcedores ao comentar o episódio vivido em solo boliviano.

– Eu também me assustei. Ainda não estou em casa, mas estou bem. Foi um choque térmico, mas estou me cuidando – resumiu o jogador em contato com o GloboEsporte.com.

As imagens registradas por uma emissora boliviana que transmitia a partida mostram Amarildo ainda em campo antes de ser levado ao hospital. Em seguida, o vídeo exibe o jogador de 33 anos sendo levado de maca e envolvido por uma manta térmica. Veja acima.

Por meio de nota, o Destroyers confirmou as informações médicas, destacou o atendimento prestado ao jogador brasileiro e garantiu que, após o susto, o meia se recupera em uma clínica.

Amarildo segue internado após susto (Foto: Reprodução/Facebook)

Amarildo segue internado após susto (Foto: Reprodução/Facebook)

– Graças a Deus o susto que nos deu Amarildo na partida não foi algo maior. Graças à oportuna reação do médico Jeuss Salvatierra, Amarildo se recupera favoravelmente na Clínica Figueroa, depois de sofrer um choque hipotérmico que provoco uma parada cardíaca – disse o clube em uma rede social.

Formado na base do Fluminense, o brasiliense Amarildo circulou por clubes como Duque de Caxias, Bangu e Madureira antes de deixar o Rio de Janeiro. O meia atuou por Avaí, CRB, Crac, Botafogo-PB e River-PI, este último clube no qual ele se tornou vice-campeão brasileiro da Série D em 2015.

Da Redação com Globo Esporte