Jeová Campos reúne equipe para definir atuação parlamentar e prioridades na ALPB - WSCOM

menu

Política

20/02/2018


Jeová Campos reúne equipe para definir atuação parlamentar e prioridades na ALPB

Para o parlamentar que aproveitou o recesso para visitar as bases e fortalecer os apoios rumo às eleições do final do ano, quando pretende se lançar candidato a mais um mandato na APLB, o encontro foi importante

Foto: autor desconhecido.

Definir pautas, prioridades do último ano do mandato e quais temas serão abordados na retomada dos trabalhos legislativos, além de alinhar a equipe. Foi com esses objetivos que o deputado estadual Jeová Campos (PSB) reuniu sua equipe de trabalho, na tarde desta segunda-feira (19). As sessões da ALPB voltam a ser realizadas a partir desta terça-feira (20), à tarde, no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa, em função de reformas na sede da Casa de Epitácio Pessoa.

Para o parlamentar que aproveitou o recesso para visitar as bases e fortalecer os apoios rumo às eleições do final do ano, quando pretende se lançar candidato a mais um mandato na APLB,  o encontro foi importante. “Acho fundamental reunir a equipe, ouvir quem me acompanha nesta caminhada, definir conjuntamente com meus assessores o que temos que pautar na retomada dos trabalhos legislativos, enfim, colocar em prática o que eu acredito como sendo um mandato popular, plural, social e democrático que não é construído somente pelo deputado, mas por um conjunto de pessoas que enxergam na política um caminho de transformação da sociedade”, destacou Jeová.

 O parlamentar, que é um dos deputados que mais abordam a questão das águas, vai continuar a falar sobre esse tema, com ênfase na cobrança da conclusão das obras do Eixo Norte da Transposição, que segundo ele estão bastante atrasadas e em ritmo muito lento, na questão do Ramal do Vale do Piancó e nas adutoras que precisam ser construídas, a exemplo das de Monte Horebe e Bonito de Santa Fé, sobre o Polo de Confecções do Sertão, no aproveitamento da energia renovável, além de continuar se contrapondo publicamente contra a reforma da previdência e outras ações do governo Temer que tiram direitos dos trabalhadores.