Jefferson diz que Lula 'não gosta de trabalhar' e nega novo voto - WSCOM

menu

Política

08/08/2005


Jefferson diz que Lula 'não

Um dia depois de insinuar que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve envolvido no suposto esquema do mensalão, em uma entrevista a uma emissora de TV do Paraná, o deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) voltou hoje a disparar contra Lula.

Ao afirmar que não votaria novamente no petista, o pivô da crise política disse que o presidente “não gosta de trabalhar”.

“Se você me perguntar: Jefferson, você votaria nele de novo? Eu vou responder que não porque ele não gosta de trabalhar. Ele delegou o governo ao José Dirceu”, disse o deputado, que foi interrompido por risos da platéia em evento da Associação Comercial de São Paulo sobre reforma política. “Infelizmente, o negócio dele é passear a de avião”, completou.

Logo em seguida, Jefferson disse que o PTB também não apoiaria Lula em uma eventual tentativa de reeleição do presidente. “Se os senhores me perguntassem: Roberto, você acha que o presidente Lula poderia ter um segundo mandato com apoio do PTB? Responderia que não. Ele não gosta do serviço. O negócio dele é outro”, reiterou.

Apesar de criticar o trabalho do presidente , Jefferson não acusou Lula de corrupção. “Ficam insistindo que eu ponha isso (denúncias do mensalão) no colo do presidente. Agora, eu tenho de acusar o presidente sob pena de estar recuando. Mas não posso acusar um homem que teve 52 milhões de votos. Ele tem, para mim, o benefício da dúvida”.

Para o petebista, Lula continua, nas palavras do próprio deputado, sendo um “semideus”. “Jamais vi um ato dele que pudesse me dar uma convicção de culpa”.

Notícias relacionadas