Izar rejeita pedido de deputada sobre processo contra João Paulo Cunha - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

14/03/2006


Izar rejeita pedido de deputada

O presidente do Conselho de Ética, Ricardo Izar (PTB-SP), rejeitou nesta terça-feira o pedido da deputada Ângela Guadagnin (PT-SP) para retirar trechos do relatório de Cezar Schirmer (PMDB-RS), que pede a cassação do mandato do deputado João Paulo Cunha (PT-SP).

Guadagnin pedia a retirada do item do parecer que trata das irregularidades cometidas no contrato firmado entre a agência SMPB, do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, e a Câmara dos Deputados.

As irregularidades foram apontadas em relatório preliminar do TCU (Tribunal de Contas da União) e em auditoria feita pela Secretaria de Controle Interno da Câmara e usadas por Schirmer para embasar o pedido de cassação do mandato de João Paulo.

Guadagnin alegou que não foi dado amplo direito de defesa ao ex-presidente da Câmara. A tese foi rejeitada pelo relator do processo e pelo presidente do Conselho.

Após o debate, que levou mais de uma hora, a deputada apresentou voto em separado pelo arquivamento do processo contra João Paulo.

Notícias relacionadas