Internacional derrota o Coritiba - WSCOM

menu

Mais Esporte

21/08/2005


Internacional derrota o Coritiba

O Internacional reencontrou o caminho da vitória. Depois de passar seis rodadas sem vencer no Brasileiro, a equipe bateu o Coritiba por 3 a 2 de virada neste domingo à tarde, no Beira-Rio, e voltou a subir na tabela.

Com o triunfo, o time gaúcho foi para os 34 pontos e se aproxima dos primeiros colocados do certame. O Corinthians, líder da competição, empatou com o Goiás esta tarde e tem 39 pontos.

A última vitória do Internacional havia sido no dia 24 de julho, quando derrotou o Paysandu por 2 a 1 no Mangueirão. Além disso, o time não vencera os quatro últimos jogos que realizara no Beira-Rio. Mas nesta tarde, com gols de Gustavo, Jorge Wagner e Wellington, fez as pazes com a torcida.

Já o Coritiba perdeu a invencibilidade de três partidas no Brasileirão. Nos últimos jogos, o time comandado por Cuca havia vencido a Ponte Preta (3 a 0), Atlético-MG (1 a 0) e empatado com o São Caetano (2 a 2).

Com a derrota, a equipe alviverde segue com 29 pontos e sequer consegue entrar na zona de classificação para a Copa Sul-Americana de 2006, continuando na zona intermediária da tabela.

Ambos os clubes estrearão no segundo turno na próxima quinta-feira, às 20h30. No Couto Pereira, o Coritiba recebe o Fortaleza, enquanto o Internacional viajará até o Rio de Janeiro para encarar o Botafogo, no Luso-Brasileiro.

O jogo

O Inter teve um desfalque de última hora. Nos vestiários, o atacante Fernandão sentiu dores na panturrilha e foi vetado da partida, entrando Michel. A equipe colorada até deu a impressão inicial de que não sentiria o desfalque e começou melhor o jogo, com Jorge Wagner quase marcando aos 5min, em chute de fora da área que Vizzoto espalmou.

Mas, aos poucos, o Coritiba foi se arrumando e, com a colaboração do goleiro adversário, abriu o placar. Aos 19min, Marquinhos fez belo lançamento para Jackson pela direita, que cruzou fechado. Clemer saiu mal e soltou a bola nos pés de Caio, que sozinho completou com tranqüilidade para o gol.

O Inter acusou o golpe e a torcida, irritada, passou a vaiar Clemer toda vez que o goleiro tocava na bola. Entretanto, o atleta se redimiu aos 26min, quando Renaldo entrou cara a cara e o goleiro espalmou para escanteio.

Nervosos, os gaúchos erraram muitos passes e não conseguiram esboçar uma reação. Enquanto isso, o Coritiba passou a explorar os contra-ataques e Marquinhos, aos 41min, quase fez o segundo, quando pegou de primeira na entrada da área e a bola passou raspando a trave esquerda de Clemer.

Para tentar reverter o marcador, o técnico Muricy Ramalho fez duas alterações no Inter na volta dos intervalos. Desmanchou o esquema 3-5-2, tirando o zagueiro Índio e colocando o meia Wellington. Além disso, sacou o ala Alex e colocou Ricardinho. Desta forma, Jorge Wagner foi deslocado para a ala esquerda.

Logo aos 6min, veio o empate. Jorge Wagner cobrou falta na medida para Gustavo, que subiu sozinho e, de cabeça, concluiu sem chances para Vizzoto.

O gol animou o time, que passou a dominar e, impulsionado pela torcida, chegou à virada. Aos 26min, Alexandre Luz derrubou Michel na área. Pênalti, que Jorge Wagner cobrou com categoria e marcou.

O terceiro gol não demorou a sair. Três minutos depois, Wellington invadiu a área pela esquerda e chutou entre as pernas de Vizzoto, ampliando.

Entretanto, o Coritiba não entregou fácil os pontos e diminuiu na seqüência. Aos 31min, Marquinhos ajeitou de cabeça para Renaldo, que na saída de Clemer tocou para o fundo das redes.

INTERNACIONAL

Clemer; Índio (Wellington), Wilson e Edinho; Elder Granja, Gavilán, Perdigão, Jorge Wagner e Alex (Ricardinho); Michel (Bolívar) e Gustavo

Técnico: Muricy Ramalho

CORITIBA

Vizzoto; Alan, Wagner e Alexandre Luz (Marcelo); Jackson, Rodrigo Mancha, Silas (Alcimar), Marquinhos e Ricardinho (Rubens Júnior); Caio e Renaldo

Técnico: Cuca

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Edílson Pereira de Carvalho (Fifa/SP)

Auxiliares: Valter José dos Reis (Fifa/SP) e Francisco Rubens Feitosa (SP)

Cartão amarelo: Alexandre Luz (Coritiba)

Gols: Caio, aos 19min do primeiro tempo; Gustavo, aos 6min, Jorge Wagner, aos 26min, Welington, aos 29min, Renaldo, aos 31min do segundo tempo

Notícias relacionadas