Inspeção no Arlinda Marques: MP pode entrar na justiça para garantir inauguração - WSCOM

menu

Paraíba

13/05/2008


Inspeção no Arlinda Marques: MP



Secretário Geraldo Almeida recebeu promotores

Uma comissão formada por membros do Ministério Público, Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea), Conselho Regional de Medicina e Secretaria Estadual de Saúde inspecionou na manhã desta terça-feira, 13, as obras do Hospital Infantil Arlinda Marques. A curadora da Saúde, Ana Raquel, disse que pode entrar na justiça para garantir a inauguração da obra.

De acordo com Ana Raquel, após receber um relatório técnico emitido pelo Crea e pelo Conselho Regional de Medicina, vai se reunir novamente com o secretário de Saúde, Geraldo Almeida, para tentar entrar num consenso sobre a data para entrega do hospital a população e assinarem um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

Caso não haja condições de um acordo, a promotora garantiu que entra com uma Ação Civil Pública para que a obra seja colocada em funcionamento para atender a população.

“O hospital esta praticamente concluído. Este é um hospital que esta há sete anos sendo construído, então nosso papel é de cobrar da secretária de Saúde uma posição no sentido do termino o mais rápido possível, por que a população não agüenta mais esperar”, destacou.

O secretário Geraldo Almeida, disse que a demora na entrega do hospital se deve a problemas de ordem técnica e jurídicas que ao longo dos anos o hospital enfrentou. Um dos principais problemas enfrentados na obra, foi a parte de refrigeração que não foi aprovado pela Anvisa e teve que ser totalmente refeito. “Só isso atrasou em um ano e meio a obra”, disse.

Estão sendo investidos na obra, cerca de R$ 8,5 milhões, sendo que R$ 4,5 milhões foram destinados a parte física do hospital e o restante em equipamentos.

Notícias relacionadas