Inovação é a chave para ter sucesso na Páscoa, diz analista do Sebrae Paraíba - WSCOM

menu

Economia & Negócios

05/04/2019


Inovação é a chave para ter sucesso na Páscoa, diz analista do Sebrae Paraíba

Pequenos negócios devem apostar na oferta de produtos e serviços diferenciados e criativos nesse período

Coelhinho da Páscoa, que trazes para mim? Inovação e Criatividade sim. Essas são as principais dicas para os donos de pequenos negócios incrementarem as vendas no período de Semana Santa e Páscoa. Além disso, ter cuidado com o planejamento é fundamental em épocas temáticas, de acordo com analista do Sebrae Paraíba. Dentre os produtos que se destacam na Páscoa, estão ovos caseiros, ovos de pote ou de colher, cestas de páscoa e buffet especial com comidas tradicionais da Semana Santa.

Negócios do segmento de fantasias e artesanato também podem aproveitar o período festivo para, por exemplo, investir em personagens vestidos de coelho da Páscoa ou em produtos que remetem à época, tais como coelhos e cenouras de pelúcia e lembrancinhas. Para a analista técnica do Sebrae Paraíba, Germana Espínola, é essencial investir em inovação dos produtos e serviços e criatividade para se destacar no mercado.

“Trabalhar, por exemplo, com o chocolate saindo da forma tradicional, fazer trufas, bombons, brigadeiro de colher, ovos de chocolate de colher ou bolo no pote. A dica é ousar sempre para surpreender o cliente, além de ser pontual com as entregas de encomendas. Outro ponto importante é sempre fazer um bom planejamento de quantidade de produção, haja vista que por ser um período temático, o estoque não fique parado por falta de vendas. Outra dica é trabalhar com as mídias digitais, divulgando os produtos e, de modo geral, inovar com as embalagens, ter preços competitivos e apostar em diversidade de modelos e tamanhos”, indicou.

A microempreendedora individual Priscilla Aranha, dona da Chocolatte PB, afirmou que a Páscoa é o segundo melhor período do ano para encomendas, perdendo apenas para o Natal. Neste ano, além de ovos de colher, seus clientes poderão encomendar caixa com docinhos, produto bastante procurado para presentear. Outra estratégia da empreendedora foi apostar na pronta entrega, já que muitos deixam para comprar ovos de última hora.

“Eu trabalho com bolo e doces o ano todo sob encomenda. Para a Páscoa deste ano, adotei o mesmo planejamento do Natal, que foi a redução da quantidade de produtos ofertados. Deu muito certo, inclusive consegui dobrar o faturamento durante o Natal e acredito que na Páscoa também será uma boa estratégia. Além disso, também fechei o cardápio, pois no ano passado cada cliente podia montar seu ovo, e apostei no aumento de itens adicionais. O prazo para pedidos de encomenda também foi reduzido este ano para trabalhar com a pronta entrega também”, explicou.