Início de retirada de Gaza é marcada por violência - WSCOM

menu

Internacional

15/08/2005


Início de retirada de Gaza

Após 38 anos de ocupação, soldados israelenses enfrentam a resistência de ativistas e moradores das colônias judaicas da faixa de Gaza que deverão sair da região, segundo o plano de retirada que começa a ser aplicado hoje.

Moradores formaram correntes humanas e queimaram pneus para impedir a entrada dos soldados, que entregam cartas de despejo.

Também nesta segunda-feira, uma explosão atingiu um veículo das Forças Multinacionais e de Observadores (FMO), ferindo dois membros das forças de paz, perto da fronteira do Egito com Gaza. Não há informações, até esse momento, se essa explosão tem relação com a retirada.

De acordo com as autoridades egípcias, duas mulheres canadenses que trabalhavam na força de paz foram atingidas, e não correm risco de morte. O Ministério do Interior egípcio não divulgou qual foi o tipo de explosivo usado.

Membros da FMO disseram que a explosão ocorreu às 8h (2h de Brasília), e atingiu o veículo em que estavam, logo após deixarem o aeroporto localizado entre a fronteira, que está sendo usado como base.

Notícias relacionadas