Influência de empresários e assessores distancia os amigos Neymar e Ganso - WSCOM

menu

Futebol

26/04/2011


Ação de empresários afasta amigos

Ganso/Neymar

Foto: autor desconhecido.

A dupla Paulo Henrique Ganso e Neymar ainda tenta recuperar a afinação de outrora em campo e segue muito próxima fora dela, mas está cada vez mais distante no imaginário do torcedor. Enquanto o camisa 10 busca ritmo de jogo e pena para definir seu futuro profissional, o atacante ganha prestígio, apaga arranhões de imagem e reforça o lado popstar.

Por terem seguido por caminhos distintos, empresários e assessores diretos não perdem a oportunidade de alfinetar o outro lado. As cornetadas vão desde questionamentos à postura de Ganso ou Neymar na imprensa até a relação profissional de ambos com Ronaldo.

Nos bastidores, os dois estafes travam uma disputa velada para ver quem consegue arrecadar mais com patrocinadores. Também há um silencioso duelo em busca da melhor oferta de um dos grandes clubes da Europa. Apesar da amizade que desfruta, a dupla concorre comercialmente.

O Santos procura moldar Neymar e designou desde setembro do ano passado um responsável para acompanhar todas as ações do jovem. O gerente de novos negócios do clube, Duda, é quem desenvolve o trabalho. O “sombra” está sempre perto do jogador em qualquer evento. O jovem é orientado a seguir uma linha comportada, passou a ser bem educado nas entrevistas coletivas, melhorou o relacionamento com a imprensa, e consequentemente o prestígio no mercado publicitário

Já a estratégia com Paulo Henrique Ganso não foi repetida devido ao fato de o jogador não ter a carreira gerida pelo clube. Sendo assim, Ganso tem contato restrito com os jornalistas, já que é nítido nos bastidores o temor de que o meia possa prejudicar ainda mais o relacionamento com fortes frases. Entrevista coletiva com o craque não acontece desde janeiro, o que reduz a exposição do meia.

Notícias relacionadas