Incêndios na Espanha destruíram centenas de hectares de florestas - WSCOM

menu

Internacional

09/08/2005


Incêndios na Espanha destruíram centenas

Centenas de hectares de florestas foram destruídos pelos incêndios florestais que atingem várias regiões na Espanha, principalmente no Parque Natural de Cazorla, em Jaén, onde 500 pessoas tiveram de ser desalojadas nas últimas horas.

Segundo as autoridades, ainda há focos de incêndio, embora controlados, em Andaluzia, Galícia e Castilla e León.

Na província andaluza de Jaén, três incêndios nas serras de Las Villas e Segura obrigaram as autoridades a evacuar 150 pessoas. Na véspera, quase 300 pessoas tiveram de abandonar suas casas.

Após controlar o incêndio de Segura de la Sierra e o de Orcera, todos os efetivos aéreos e terrestres se empenham em controlar o incêndio em Villanueva del Arzobispo, que atinge a serra de Las Villas e que continua ativo.

O diretor-geral de Gestão do Meio Natural, José Guirado, disse nesta terça-feira que não há medições exatas, mas as estimativas indicam que há 4 mil hectares atingidos pelo fogo entre os três incêndios, e o de Las Villas é o de maior extensão, com 3.100 hectares.

A frente que mais preocupa é a que avança em direção sul em Las Villas e que está a 6 quilômetros de Coto Ríos, o enclave de maior concentração turística da serra de Las Villas e onde está previsto um plano de evacuação caso os corta-fogos que estão sendo usados não consigam deter o incêndio.

Pelo número de hectares queimados, o maior incêndio nesta província andaluza é o de Villanueva del Arzobispo, que arrasou mais de 2.700 hectares e que se mantém ativo.

Em Castilla e León, foram controlados os incêndios nas localidades de Pombriego e Trabadelo, que arrasaram uma superfície de mais de 4.200 hectares.

Na Galícia, 1.059,7 hectares foram queimados no fim de semana passado nos 332 incêndios florestais registrados na comunidade, segundo o conselheiro de Meio Rural, Alfredo Suárez Canal.

Para evitar o risco de novos incêndios, o prefeito de Bilbao, Iñaki Azkuna, anunciou nesta terça-feira que retirará todas as churrasqueiras das áreas de lazer da região.

Notícias relacionadas