Incêndio no centro de treinamentos do Flamengo deixa 10 mortos e 3 feridos - WSCOM

menu

Brasil

08/02/2019


Incêndio no centro de treinamentos do Flamengo deixa 10 mortos e 3 feridos

Entre as vítimas do incêndio estão 4 garotos da base do Flamengo, 2 adolescentes em testes e 4 funcionários do clube. As identidades estão sendo confirmadas pela Polícia e Defesa Civil.

Imagem reprodução

Um incêndio deixou 10 mortos e três feridos no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio, na madrugada desta sexta-feira (8). Os bombeiros foram chamados por volta as 5h (horário de Brasília).

 

As chamas foram controladas por volta das 7h20. No momento, os bombeiros atuam nos escombros e retirada dos corpos.

 

Entre as vítimas do incêndio estão quatro garotos da base do Flamengo, dois adolescentes em testes e quatro funcionários do clube. As identidades estão sendo confirmadas pela Defesa Civil e IML.

 

Dos três feridos, um está em estado grave. Segundo os bombeiros, os feridos foram identificados como Cauã Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos, Francisco Diogo Bento Alves, de 15, e Jonathan Cruz Ventura, também de 15.

 

Entre as mortes confirmadas estão:

  • Christian Esmério: Goleiro das categorias de base do Flamengo. Em abril, ele postou uma foto nas redes sociais de uma conquista com o clube. Ele é natural do Rio de Janeiro.
  • Arthur Vinicius: morava com a família em Volta Redonda e completaria 15 anos no sábado (9). A família foi avisada e está a caminho do Rio.
  • Pablo Henrique da Silva Matos: 14 anos, jogava no Sub-17 do Flamengo, é de Minas Gerais e morava no centro de treinamento. Ele é primo do zagueiro Werley, do Vasco,
  • Vitor Isaías:nascido em Santa Catarina, tinha 15 anos. Era atacante e tinha seis meses de Flamengo. Começou a carreira no futsal do Figueirense.
  • Bernardo Pisetta: nascido em Santa Catarina, era goleiro e já tinha atuado em outros times de futebol e equipes de futsal.
  • Athila Paixão: nascido em Lagarto, Sergipe, 14 anos. Jogava no clube desde março de 2018. 

 

Segundo Felipe Cardoso, meia da equipe sub-17 do Flamengo, o incêndio no Centro de Treinamento Ninho do Urubu teria começado em seu quarto, no ar-condicionado. 

 

 

Última atualização realizada às 12h58.

 

Da Redação
Portal WSCOM