Hospital Materno de Bayeux é fechado pela vigilância sanitária - WSCOM

menu

Paraíba

25/02/2018


Hospital Materno de Bayeux é fechado pela vigilância sanitária

Sem condições necessárias para as mães da cidade realizar procedimentos de partos

Foto: autor desconhecido.

O Hospital Materno Infantil João Marsicano de Bayeux passou por uma vistoria realizada pela vigilância sanitária e foi imediatamente interditado por não dar condições necessárias para as mães da cidade realizar procedimentos de partos.

Segundo informações, a Central de Materiais Esterilizados (CME) foi interditada pela equipe da Vigilância Sanitária após constatar condições precárias. A CME é o local do Hospital Materno responsável pela limpeza de artigos médico hospitalares que são utilizados nos diferentes setores. A central de matérias é de suma importância pois prepara, esteriliza e controla a utilização destes materiais.

Com isso, muitas pacientes de Bayeux devem procurar os serviços da Grande João Pessoa, há exemplo do Hospital-Materno Flávio Ribeiro Coutinho (Santa Rita), as Maternidades Frei Damião e Cândida Vargas (João Pessoa) que muitas vezes estão super lotadas para atender pacientes de outros municípios. As informações são do Política Bayeux.