Hospital dispõe de serviços nos 30 anos do Dia Mundial de Luta Contra a Aids - WSCOM

menu

Saúde

30/11/2018


Hospital dispõe de serviços nos 30 anos do Dia Mundial de Luta Contra a Aids

Foto: autor desconhecido.

O Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga (CHCF), referência estadual no tratamento de HIV/Aids e unidade integrante da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realiza neste sábado (1º) diversas ações de saúde alusivas aos 30 anos do Dia Mundial de Luta Contra a Aids. A equipe do CHCF vai oferecer, das 8h às 13h, no Parque Solon de Lucena (Lagoa), Centro de João Pessoa, testagem rápida para detecção da infecção pelo vírus HIV. O resultado é entregue em 20 minutos após a realização do exame.

Além dos testes, as atividades seguem durante toda manhã com orientações da equipe multiprofissional sobre prevenção da doença, assim como seu tratamento e as formas de transmissão. As orientações sobre as profilaxias, pós e pré-exposição, também serão pauta dos trabalhos da equipe do Clementino Fraga no Centro da capital.

Programação no CHCF – A partir de segunda-feira (03), a programação continua no CHCF, com salas de espera, intensificação dos testes rápidos, qualificação profissional por meio de palestra com o médico infectologista Dr. Fernando Chagas, apresentação teatral da Cia. da Saúde e do Sorriso, Cine Vigilância e roda de conversa sobre os ‘Direitos e Responsabilidades das Pessoas Vivendo e Convivendo com HIV/Aids, com a equipe do Serviço Social do hospital.

De acordo com Thais Matos, diretora-geral do Complexo Clementino Fraga, as atividades dos 30 anos do Dia Mundial de Luta Contra a Aids são para lembrar e relembrar a população das lutas e todas as conquistas no combate e controle do HIV/Aids.

“Foram inúmeros avanços como ampliação e qualificação do diagnóstico, maior eficácia e eficiência do tratamento antirretroviral, mais possibilidades de prevenção (camisinha e profilaxias) e maior alcance da população a informação e a serviços de saúde. Neste Dezembro Vermelho – campanha de alerta sobre a Aids – vamos renovar nosso compromisso no combate ao preconceito, o estigma e a desinformação em torno do HIV/Aids”, destacou Thais Matos, diretora-geral do Complexo Clementino Fraga.

Por Secom PB