Homem que dirigia Caminhonete e fugiu da polícia está no CTI do Hospital Pedro I - WSCOM

menu

Policial

19/10/2005


Homem que dirigia Caminhonete e

As duas pessoas feridas durante perseguição policial ocorrida na manhã desta quarta-feira em Campina Grande continuam internadas no hospital Pedro I, para onde foram levadas após serem atingidas durante tiroteio ocorrido no distrito campinense de São José da Mata. O fato foi verificado após a polícia abordar um homem em atitude sduspeita em uma caminhonete Pick-up Ranger, de cor cinza e placas MNH-1718, de Campina Grande-PB, no estacionamento do Shopping Center Iguatemi.

Ednaldo Leite da Silva, de 24 anos, que dirigia a caminhonete, foi atingido por vários tiros. Ele passou por uma cirurgia e está internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Pedro I. Ednaldo só foi capturado pela polícia porque colidiu a Ranger com um automóvel Fusca, dirigido por Francisco das Chagas Cavalcanti, residente no distrito, que nada tinha com a história e havia saído de casa poucos minutos antes para resolver problemas particulares.

Segundo informações do hospital, Francisco também foi cirurgiado, mas passa bem. Ele está internado numa das enfermarias do Pedro I. A polícia encontrou, dentro da Ranger, outra placa de veículo – provavelmente fria – e os documentos de uma outra pessoa que foi presa posteriormente: Leonardo Aragão Lins, de 55 anos, que atuava como dentista do Sindicato dos Vigilantes do bairro da Liberdade, mesmo sem ser formado em Odontologia, sgundo a polícia conseguiu apurar.

Ednaldo, que é natural de Pernambuco, estava dividindo um quarto com Leonardo Lins numa pousada que fica próximo ao Shopping Iguatemi. A polícia investiga se há ligação entre os dois e o que eles pretendiam fazer na cidade.

Notícias relacionadas