Heráclito elogia decisão do STF de liberar pesquisas com células-tronco - WSCOM

menu

Política

30/05/2008


Heráclito elogia decisão do STF

“Um dia histórico”, foi como o senador Heráclito Fortes (DEM-PI) classificou a quinta-feira (29), data da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar a realização de pesquisa e terapia com células tronco embrionárias. Para o senador, o que poderia ser classificado como aético seria a Ciência jogar no lixo células-tronco não aproveitadas.

– Não podemos colocar as nossas convicções, incluindo as religiosas, a serviço do atraso – resumiu Heráclito Fortes, em discurso nesta sexta-feira (30).

Para o senador, a decisão do STF fará com que o Brasil deixe de ficar a reboque em relação às pesquisas com células-tronco em andamento em vários países. Heráclito disse que o Brasil, no setor, está atrasado dez anos em comparação com os grandes centros, e que os cientistas brasileiros vêm realizando as pesquisas com embriões importados, principalmente dos Estados Unidos.

Depois de destacar o papel do Congresso Nacional, especialmente o do Senado, na aprovação da Lei de Biossegurança – que permitiu a realização de pesquisas com células-tronco -, Heráclito observou que resta agora aos parlamentares brasileiros se conscientizarem da importância da decisão do STF e canalizarem os recursos necessários para a realização das pesquisas.

O senador lembrou que a decisão do Supremo – que julgou constitucionais as pesquisas com células-tronco – irá, no futuro, beneficiar milhares de brasileiros que se encontram em cadeiras de roda, amparados por muletas ou com doenças para cuja cura a Medicina ainda não encontrou saída.

Os senadores Mão Santa (PMDB-PI), Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) e João Pedro (PT-AM) também aplaudiram a decisão do STF, este último afirmando que o resultado do julgamento representou “uma vitória da Ciência”.

Notícias relacionadas