Haroldo rebate PSDB: ‘em 3 anos e meio Cássio não conseguiu reverter empatia do - WSCOM

menu

Política

04/06/2006


Haroldo rebate PSDB: ‘em 3

O presidente estadual do PMDB, Haroldo Lucena, rebateu as afirmações do ‘núcleo pensante’ do governador Cássio Cunha Lima (PSDB) publicadas no Portal WSCOM Online na quinta, 1. Para Lucena, o senador José Maranhão tem mais empatia do que o governador e a dianteira nas pesquisas eleitorais provam isso.

Ele disse que em três anos e meio de governo, Cássio não conseguiu reverter essa tendência. “Desde a primeira pesquisa até hoje Maranhão não perdeu. Mesmo quando Cássio avança, o senador permanece sempre com 10 pontos na frente”, lembra o presidente.

O ‘núcleo pensante’ reconhece a liderança do senador nas pesquisas, mas tem convicção de que no exame de dados estatísticos, financeiros e do desempenho pessoal, Cássio irá superar o senador pela empatia, histórico e proposta de futuro para o Estado.

“Eu digo que não”, afirma Lucena, alegando que o governador está fazendo sua campanha nesse final de tempo que lhe resta. “Ele só tem até o dia 30 de junho”, diz, insinuando que Cássio está usando a máquina do Estado para fazer campanha.

Sobre a tese de que a eleição será ganha nos pequenos municípios, Lucena acredita que o eleitor vai saber distinguir obras de cunho eleitoreiro de uma administração mais interessada com o destino do povo paraibano:

“Acho que o governador está investindo nos pequenos municípios agora. Ele chega de última hora e a população não é boba, eles são inteligentes para saber o que são obras administrativas de obras políticas”, acredita.

Lucena comparou as obras de Cássio com as de Maranhão. “Ele fala em calçamento de rua, se for somado todo o seu trabalho, talvez não dê as obras do senador” e cita o Canal de Sousa, Acauã, o Viaduto de Oitizeiro, a Pb 008 que liga o litoral sul. “São obras concretas e de vulto e foram construídas com recursos do Governo do Estado”, explica.

Haroldo Lucena ainda aproveitou para alfinetar o governador, afirmando que o Governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem ajudado Cássio. “E isso não vem sendo citado. Lula é o grande benfeitor do Estado”.

Lucena também duvida dos investimentos em João Pessoa: “É só para angariar votos”, denuncia. “E ainda não existem parcerias com a Prefeitura”.

Propostas e histórico – “Eu não conheço as propostas de Cássio”, continua, desconversando sobre propostas apresentadas pelo governador para o futuro do Estado e ironizando: “as pequenas obras de Cássio o senador irá dar continuidade”.

A respeito do histórico político, Lucena disse que Cássio é muito jovem, enquanto o senador tem 30, 40 anos de vida pública. “O senador tem cabedal de obras e benefícios que ele trouxe sem fazer alarde e sem usar o dinheiro público”, garante.

Lucena ainda lembrou que o senador José Maranhão sempre foi fiel ao PMDB, enquanto Cássio abandonou o partido para entrar no PSDB, assim como mudou também de candidato para a presidência da república, agora vota em Alckmin. Maranhão sempre esteve com Lula, conclui.