Grupo Espaço Procê abre III Festival de Dança da Estação Cabo Branco - WSCOM

menu

Entretenimento

29/04/2017


Espaço Procê abre III Festival de Dança

NESTE SÁBADO

Foto: autor desconhecido.

O grupo Espaço Procê abre a programação do III Festival de Dança que acontece neste sábado (29) na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. As apresentações começam às 16h, no auditório da casa. O evento é uma parceria com o estúdio de dança da professora Séfora Santos e a entrada é aberta ao público de todas as idades.

Na programação do dia ainda irão se apresentar: Stúdio Anne Mendes, Jordânia, Ballet Top Saúde, Gypsy Fire, alunas dança a dois, Estúdio de Dança Fátima e Ulisses, Grupo Arte e Dança, Cia de Dança Harmonia do Swing, Zaya, The Prodigions, Monique Solo, entre outros.

Débora Carvalho, chefe do setor de Gestão Educacional, disse que este ano o número de participantes ultrapassou as expectativas. “Este ano tivemos 239 inscritos, número bem acima do ano anterior, que foram 92 grupos, sendo que apenas 38 foram selecionados. Para a terceira edição do evento, serão ao todo 35 apresentações de dança”, comentou ela que também é professora e dançarina.

O III Festival de Dança acontece no mesmo dia em que se comemora o Dia Internacional da Dança. O evento será dividido em categorias: solo e grupos e em vários estilos: jazz, balé, forró, pole dance, dança do ventre, hip hop, danças populares e outros. A seleção dos participantes foi realizada pela professora de dança Séfora Santos.

“Os festivais são muito importantes, pois servem ao mesmo tempo de ponto de encontro dos dançarinos e espaço para troca de conhecimento, como também abrem as portas para grupos não conhecidos mostrarem seus trabalhos”, afirmou Débora Carvalho.

A coordenadora do Festival, Séfora Santos, ministra aulas de dança do ventre há mais de seis anos no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. “Sempre fui envolvida com a dança por amor, mas infelizmente ainda é pouco divulgada. O festival nos oferece a oportunidade de expansão para os grupos de dança”, disse.