Governo promove campanha para incentivar doação de órgãos e tecidos - WSCOM

menu

Saúde

20/09/2018


Governo promove campanha para incentivar doação de órgãos e tecidos

Foto: autor desconhecido.

 O Governo do Estado, por meio da Central de Transplante da Paraíba, inicia, neste sábado (22), a 18ª Campanha Estadual para Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante, com o tema “Amar é… fazer a vida continuar! Doe órgãos”. A abertura oficial será às 16h, no auditório da PBTur, na praia de Tambaú, em João Pessoa. A Campanha acontece junto com a edição nacional do Setembro Verde, onde o laço na cor verde é o símbolo da doação de órgãos e tecidos.

 “O objetivo é sensibilizar a população da oportunidade que cada cidadão tem ao doar órgãos e tecidos para transplantes, um momento de fazer o bem, sem egoísmo, com um simples gesto de amor. O Dia Nacional é 27 de setembro, por isso, todo ano realizamos a Campanha Estadual em conjunto com a Nacional, do Ministério da Saúde”, disse a gestora da Central de Transplante, Gyanna Lys Montenegro.

 Ela comentou que o diálogo com a família é fundamental no processo de doação. “A conversa é essencial porque quem autoriza a doação é a família. Basta se colocar no lugar de alguém que espera por um transplante para melhorar sua qualidade de vida. Nossa causa enxerga a morte não como um fim, mas, no sentido de deixar que uma parte daquele ente querido que morreu, tenha uma continuidade e faça bem a alguém que necessita tanto”, pontuou.

 Programação – A palestra de abertura terá como tema “Doar Órgãos é Continuar a Vida”, do publicitário Alexandre Barroso (transplantado três vezes), para profissionais de saúde, estudantes e público em geral.

 Na terça-feira (25), durante a manhã e tarde, haverá uma panfletagem no Centro Administrativo Estadual e na sede da SES.

 Na quarta-feira (26), às 8h30, terá uma capacitação para os integrantes das Comissões Intra-Hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante no Hospital de Trauma de João Pessoa, para médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e estudantes da área de saúde.

 Na quinta-feira (27), às 15h30, será realizado um culto ecumênico no auditório do Centro Turístico de Tambaú, com a presença de parentes de doadores e receptores de órgãos e tecidos, além de profissionais envolvidos no processo de doação e transplante.

 Na sexta-feira (28), será feita mais uma capacitação para as comissões. Desta vez, no auditório 3 do CCBS, na Universidade Federal de Campina Grande, para médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e estudantes da área de saúde.

 Dados – Na Paraíba, atualmente, 499 pessoas aguardam por um transplante, sendo 329 de córnea; 164 ativos para rim e seis de fígado.

 Até o dia 15 de setembro, foram realizados no estado 135 transplantes de córnea e 21 de rim. No ano passado, foram 117 transplantes de córnea e 26 de rim.

 Central de Transplante – A Central de Transplante da Paraíba (CET-PB) funciona há um ano no 1º andar do prédio anexo ao Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na capital. É um órgão ligado à Secretaria de Estado da Saúde.

 “Além das melhores condições de trabalho, já que foi construído de acordo com as nossas necessidades, o prédio nos proporciona maior integração entre a Central de Transplante, a Organização à Procura de Órgãos [OPO] e o Banco de Olhos da Paraíba, permitindo melhor controle e gerenciamento por parte da direção”, disse Gyanna.

 A Central de Transplante da Paraíba possui também um Núcleo em Campina Grande, que funciona dentro do Hospital Estadual de Emergência e Trauma da cidade. O trabalho da CET-PB também se estende ao Programa de Educação Continuada, voltado para a sociedade, por meio de palestras educativas de esclarecimento sobre todo o processo de doação de órgãos e tecidos.

 A Central de Transplante, a OPO e o Núcleo de Campina Grande, funcionam 24 horas por dia e estão abertos para receber notificações de óbitos, tanto de morte encefálica, como após a parada cardíaca.

 Para entrar em contato com a Central de Transplante e solicitar palestras, esclarecer dúvidas ou informar os óbitos:

1- Central de Transplante da PB (CET/PB): 

E-mail: transplante@gmail.com – Telefones: (83) 3244.6192 / 3225.6409 / 98845.3516. E o endereço: Na Sala Nº 10, do 1º andar do Prédio Anexo do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

2- Organização à Procura de Órgãos (OPO): 

E-mail: opoparaiba@gmail.com – Telefone: (83) 3216.5746.

3- Núcleo da CET/PB em Campina Grande: 

E-mail: nucleocampinagrande@gmail.com – Telefone; (83) 3339.8578 / 3310.5850 R:5804

Notícias relacionadas