Governo e PMs abrem diálogo, definem escalonamento nesta 6a feira e Corpo de Bom - WSCOM

menu

Política

31/03/2006


Governo e PMs abrem diálogo,

Terminou em entendimento com perspectiva de solução nesta sexta-feira a reunião do governador Cássio Cunha Lima e representantes da Policia Militar, nesta quinta-feira, para discutir a aplicação do escalonamento. O chefe do executivo, que ficou de apresentar uma contra – proposta, hoje, anunciou desmembramento do Corpo de Bombeiros da PM. Mesmo com a negociação os militares se mantêm em vigília no estado.

Na discussão, que durou cerca de duas horas as entidades representativas dos policiais militares entregaram ao governador Cássio Cunha Lima a proposta, ficando para esta sexta-feira às 16 horas, em local ainda a ser definido, uma nova reunião para a apresentação do impacto financeiro pelo Governo do Estado na folha de pagamento.

Cássio disse que “o importante é que nunca faltou o diálogo e a disposição de conversar para que através do entendimento se possa mostrar o respeito que o Governo tem com a Polícia Militar”. Salientou que a preocupação é do soldado ao oficial superior.

Já o coronel Francisco, do Clube dos Oficiais, informou que “a audiência teve caráter elevado e com possibilidade de produzir bons resultados”, afirmou adiantando que o movimento de vigília se manterá até esta sexta.

Na entrevista, o governador anunciou que enviará à Assembléia Legislativa a proposta das associações solicitando o desmembramento do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar com emenda a Constituição do Estado garantindo a autonomia da Categoria como acontece em outros Estados da Nação.

A reunião contou com as presenças dos secretários Harrison Targino, da Defesa Social; Gustavo Nogueira, da Administração; Sólon Benevides, da Comunicação Social; Jacy Toscano, das Finanças; comandante geral da Polícia Militar, coronel Lima Irmão e dirigentes das cinco entidades representativas dos policiais militares.

Notícias relacionadas