Governo e maternidades implantam “SOS bebês de alto risco” - WSCOM

menu

Saúde

18/04/2011


Estado implanta SOS bebês de alto risco

Foto: autor desconhecido.

O Governo do Estado da Paraíba, através da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), firmou convênio com os representantes das maternidades públicas e privadas de João Pessoa para implantação do programa “SOS bebê de alto risco”, com o objetivo de integrar e humanizar o atendimento aos bebês que nasçam com deficiência.

O documento foi assinado no final da manhã desta segunda-feira (18), durante evento realizado no Centro Administrativo Municipal (CAM), de João Pessoa, onde foi firmado convênio com a Prefeitura para possibilitar a realização de um “mutirão de cirurgias”, que vai possibilitar um aumento de 52% nos procedimentos cirúrgicos realizados no Estado.

O acordo trata do trabalho de conhecimento, orientação e acompanhamento às famílias e aos bebês de alto risco, incluindo os com síndrome de Down e outras malformações congênitas, que cursem com a deficiência mental. O convênio prevê que as maternidades de João Pessoa devem designar uma equipe técnica que informará de imediato à Funad o nascimento de um bebê de alto risco, acompanhamento e estimulação precoce junto aos bebês e respectivas famílias.

O serviço de acolhimento e orientação às famílias é feito por uma equipe multidisciplinar, formada por uma psicóloga, uma fisioterapeuta, uma assistente social e uma pedagoga.

Parceiros – Assinaram o convênio, o prefeito Luciano Agra, representando o Instituto Cândida Vargas; a médica Maria de Fatima Oliveira dos Santos, representando a Maternidade Frei Damião; o professor João Batista da Silva, pelo Hospital Universitário Lauro Wanderley; o administrador Rogério Alves Siqueira, pela CLIM – Clínica Integrada da Mulher Hospital e Maternidade.

O convênio também será assinado pelo médico Fábio Antonio da Rocha de Souza – Hospital Unimed João Pessoa e coronel Thaelmam Dias de Queiroz – Instituto Hospitalar General Edson Ramalho, que não puderam comparecer ao evento nesta segunda-feira (18), mas que já sinalizaram dispostos a firmar a parceria.

Ampliação – O programa “SOS bebê de alto risco”, que visa ainda difundir a Campanha de Prevenção das deficiências desenvolvido pela Funad, além da Política de Saúde da Pessoa Portadora de Deficiência nas esferas estadual, municipal e nacional, também deverá ser ampliado para os demais municípios paraibanos.

Notícias relacionadas